Conferência de imprensa de Jerez dá início a rondas europeias

Jerez Press Conference
Quinta, 2 Maio 2013

O piloto da Repsol Honda Team, líder da classificação e estreante Marc Márquez contou com a companhia do Campeão do Mundo Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, Cal Crutchlow, da Monster Yamaha Tech 3, Andrea Dovizioso, da Ducati Team, Stefan Bradl, da LCR Honda MotoGP, assim como com o líder da Moto2™ Scott Redding, da Marc VDS Racing, na conferência de imprensa de pré-evento do Grande Prémio bwin de Espanha.

 

Márquez, que se tornou no mais jovem vencedor de sempre da categoria rainha na última jornada no Texas, curiosamente nunca venceu em qualquer categoria em Jerez: “Ao vir para Espanha depois de uma vitória vi que era muito importante [para os fãs], mas não nos podemos esquecer que é a minha primeira época. E chegar aqui a Jerez é sempre especial para todos. Mas como no Qatar e em Austin vamos tentar o nosso melhor e concentrar-nos na afinação de corrida. Nunca venci aqui em Jerez, mas não penso que a primeira vez seja neste fim-de-semana.”
 
Lorenzo, que não triunfa na pista de 2011, vai ser homenageado na jornada ao ver o seu nome atribuído à última curva: “Hoje é um dia muito especial para mim. Estreei-me aqui em Jerez e venci aqui por várias vezes. Receber isto é muito especial – mais que o Campeonato do Mundo. Alguns podem vencer o Campeonato, mas são ainda menos os que têm o seu nome numa curva. Para a corrida, Jerez é normalmente uma pista boa para a Yamaha, assim como para o meu estilo.”
 
O britânico Crutchlow pode revelar-se uma das maiores surpresas do fim-de-semana, isto depois de ter sido um dos mais rápido na pista nos testes de pré-época, mas também de se ter mostrado muito forte nas primeiras corridas: “É bom voltar a Jerez. Mas penso que será uma das mais difíceis corridas do ano e é uma pista complicada para se fugir na frente. É claro que posso fazer mais [lutar por posições mais altas], mas há sempre que dar pequenos passos. Não vou vencer a corrida de um momento para o outro.”
 
Dovizioso vai liderar o ataque da Ducati, com a formação italiana a continuar a tentar apresentar melhores resultados: “Estou contente com os resultados nas duas primeiras corridas, em particular no Texas. Vamos ter de esperar mais umas corridas para termos novas peças [e ver melhorias nos resultados], mas o [Michele] Pirro vai rodar com o novo chassis como wildcard – uma moto que vamos testar na segunda-feira.”
 
O alemão Bradl, quinto no Texas, espera dar o próximo passo em frente: “No Qatar foi um erro, comecei com uma queda, mas Austin foi um grande alívio. Vamos tentar terminar bem todas as corridas e tentar ser mais rápido e andar mais perto dos da frente.”
 
Scott Redding, líder da Moto2™, vai tentar apresentar o seu bom ritmo durante a corrida para lutar pelo triunfo: “O jogo acabou de começar. O Texas foi complicado para todos, mas saímos de lá na frente do campeonato. Não vou mudar a minha abordagem – o meu trabalho é olhar por mim e fazer o melhor possível. Tenho boa afinação, também para o molhado, pelo que estou desejoso pela corrida.”

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™