Lorenzo fala sobre dramática vitória em Philllip Island

Domingo, 20 Outubro 2013

Numa altura em que tenta defender o título de Campeão do Mundo de MotoGP™, Jorge Lorenzo falou sobre o grande resultado alcançado no Tissot Grande Prémio da Austrália dizendo que teve sorte por ter acrescentado 25 pontos à sua classificação e pela desqualificação de Marc Marquez.

 

 

O adversário de Lorenzo na conquista do título, Marc Marquez, viu a bandeira preta por ter ido às boxes fora da janela para trocar de moto, enquanto Lorenzo fez uma corrida perfeita, conseguindo assim retirar a máxima vantagem pelo erro do espanhol.

 

Lorenzo partiu para a corrida a 43 pontos do jovem, sabendo que se Marquez conseguisse marcar mais oito pontos do que ele, o título seria entregue quando faltam ainda duas tiradas para disputar. Contudo, depois do resultado da corrida de domingo, Lorenzo está agora apenas a 18 pontos de Marquez, quando ainda faltam correr as tiradas de Motegi e Valência.

 

Falando sobre a sua vitória numa corrida encurtada para 19 voltas, que incluiu uma mudança de mota obrigatória devido ao novo asfalto da pista de Phillip Island, Lorenzo afirmou: “Foi uma corrida louca e caótica, a primeira vez que tivemos de mudar de mota numa corrida seca. Foi preciso uma grande atenção por parte de todos e os mecânicos precisavam de estar sempre prontos, pois qualquer coisa podia acontecer”.

 

“Treinámos muito a mudança de mota e isso foi uma das chaves da vitória. Fui mais lento no warm up e tivemos de mudar algumas coisas. Alterámos a estratégia e introduzimos algumas melhorias. Estive muito rápido na corrida, mas o Marc e o Dani (Pedrosa) também estavam muito rápidos”.

 

Falando sobre o toque entre si e Marquez, quando o jovem da Honda deixava o pit line na segunda mota, e a bandeira preta que foi mostrada ao seu adversário ao título, Lorenzo acrescentou: 

 

“Travei muito tarde e o Marc estava a sair do pite line por isso tocámo-nos e tivemos sorte em evitar a queda. Errámos os dois. Ele não olhou para ver que vinha, mas foi 50/50. Quem está já em pista deve ter prioridade. Não sei exactamente o que aconteceu ao Marc hoje, se foi um erro dele ou da equipa ou se ele não viu o quadro”.

 

Consciente da sua sorte e da grande oportunidade que tem agora para reconquistar o título, Lorenzo acrescentou: “Tivemos muita sorte. Sem o erro do Marc acho que ficava em primeiro ou segundo. Agora o Campeonato mudou muito. Antes da corrida tinhamos 2 ou 3% de hipóteses e agora é de 20 ou 30%. Mas, o Marc é muito competitivo em todas as pistas, por isso precisamos de dar o máximo em Motegi e Valência”.

 

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™