Lorenzo e Rossi ainda preocupados com ritmo da Honda

Lorenzo and Rossi still afraid of Honda pace
Quinta, 14 Março 2013

Jorge Lorenzo deixa o teste desta semana no Circuito das Américas (COTA) a dizer que a Repsol Honda Team ainda conta com vantagem sobre a Yamaha Factory Racing.

 

Ao longo da segunda metade do último dia o Campeão do Mundo encontrou dificuldades em acompanhar o rival ao ceptro Dani Pedrosa, da Honda, mas já recolheu muitos dados. A Yamaha completou o programa de trabalho no COTA na quarta-feira, com a Honda uma vez mais na frente.
 
“Fizemos uma pequena simulação de corrida na qual consegui manter um ritmo constante,” explicou Lorenzo numa entrevista de vídeo exclusiva ao motogp.com. “Não estamos totalmente satisfeitos porque ainda estamos longe das Honda nesta pista, mas mais perto que ontem.”
 
“Penso que estamos a perder alguns décimos nas rectas e eles também podem acelerar melhor e mais depressa à saída das curvas lentas. Neste tipo de pistas – com este tipo de curvas – eles têm um pouco mais de confiança; nós temos mais receio de cair, pelo que não podemos entrar nas curvas com tanta confiança.”
 
O companheiro de equipa Valentino Rossi também considera que é necessário melhorar. “Estou a ter alguns problemas para travar a moto, pelo que não estou muito bem nesse ponto neste momento. Se travar onde quero chegou à curva demasiado depressa – especialmente no gancho. Também temos um problema com os cavalinhos na aceleração à saída do gancho; é o ponto mais importante em que temos de trabalhar.”
 
Com a Yamaha agora de malas feitas apenas as Honda se mantêm no Texas nesta quinta-feira – Marc Márquez e Pedrosa nas motos da Repsol, com Stefan Bradl aos comandos da máquina da LCR Honda MotoGP – e ainda com o piloto CRT Blake Young.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™