Marc Márquez: O Quebra Recordes

Domingo, 10 Novembro 2013

O MotoGP™ assistiu à quebra de recordes em quase todas as corridas da época de 2013, com o estreante Marc Márquez a arrebatar a categoria rainha a caminho de histórico título na temporada de debute. Foi claramente um ano de recordes para o jovem de 20 anos...

Recordes da época de 2013
 
Márquez é o primeiro estreante a vencer o título da categoria rainha desde que Kenny Roberts se sagrou Campeão do Mundo de 500cc em 1978
 
Aos 20 anos e 266 dias de idade Márquez é o mais jovem piloto de sempre a vencer a categoria rainha, retirando o recorde a Freddie Spencer, que tinha 21 anos e 258 dias de idade quando conquistou o ceptro de 500cc em 1983 aos comandos de uma Honda
 
Márquez é apenas o quarto piloto em 65 anos de história dos Grandes Prémios a vencer Campeonatos do Mundo em três categorias diferentes, ao lado de Mike Hailwood, Phil Read e Valentino Rossi
 
Recordes de 2013 a caminho do título
 
Na primeira corrida do ano Qatar Márquez tornou-se no quarto piloto mais jovem de todos os tempos a terminar no pódio num Grande Prémio da categoria rainha, depois de Randy Mamola, Eduardo Salatino e Norick Abe
 
Na primeira corrida do ano Márquez estabeleceu novo recorde ao tornar-se no mais jovem de sempre a assinar a volta mais rápida de uma corrida da categoria rainha, com 20 anos e 49 dias de idade. O anterior recorde era detido por Freddie Spencer, que tinha 20 anos e 161 dias de idade quando conquistou a primeira volta mais rápida nas 500cc em Misano, em 1982.
 
Na vitória no Grande Prémio das Américas, com apenas 20 anos e 63 dias de idade, ele tornou-se no mais jovem piloto de sempre a vencer um Grande Prémio da categoria rainha, batendo o recorde de Freddie Spencer, que tinha 20 anos e 196 dias de idade quando venceu o GP da Bélgica de 500cc em Spa-Francorchamps, em 1982.
 
Ao qualificar-se na pole position em Austin, com 20 anos e 62 dias de idade, Márquez tornou-se no mais jovem de sempre a qualificar-se na pole na categoria rainha, batendo o recorde de Freddie Spencer que tinha 20 anos e 153 dias de idade quando se estreou na pole nas 500cc em Jarama, em 1982.
 
A vitória em Austin fez também de Márquez o mais jovem piloto em 65 anos de história do Campeonato do Mundo de Grandes Prémios a vencer corridas nas três categorias, batendo o recorde do colega de equipa Dani Pedrosa, que atingiu o feito com 20 anos e 227 dias de idade ao levar de vencida a corrida na China, em 2006.
 
Márquez é o primeiro piloto a vencer na primeira, ou segunda partida na categoria rainha em 15 anos, desde que Max Biaggi venceu na estreia com as 500cc em Suzuka, em 1998.
 
Ele é o primeiro piloto desde Jorge Lorenzo em 2008 a terminar no pódio nas duas primeiras corridas disputadas na categoria rainha.
 
Após os pódios nas duas primeiras corridas Márquez detinha a liderança conjunta do Campeonato de Pilotos com Jorge Lorenzo e é o mais jovem piloto de sempre a ter liderado a classificação da categoria rainha, batendo o recorde de Jorge Lorenzo que passou para o primeiro posto da geral após a vitória no Estoril em 2008, quando tinha 20 anos e 345 dias de idade.
 
A vitória em Austin deu também a Márquez o recorde de mais jovem piloto de sempre a conquistar pódios consecutivos na categoria rainha, batendo Randy Mamola que terminou no pódio em Espanha em França em 1980, com 20 anos e 197 dias de idade.
 
No Grande Prémio de Espanha Marc Márquez – com 20 anos e 77 dias de idade – tornou-se no mais jovem piloto de sempre a terminar no pódio por três GPs consecutivos da categoria rainha, batendo o recorde de Jorge Lorenzo que tinha 20 anos e 345 dias quando assinou o terceiro pódio consecutivo em 2008.
 
No GP de França ele tornou-se no segundo piloto da história a terminar no pódio nas quatro primeiras corridas da categoria rainha; o outro piloto a conseguir tal feito foi Max Biaggi em 1998.
 
As vitórias de Marc Márquez em Sachsenring e Laguna Seca deram-lhe o recorde de mais jovem piloto de todos os tempos a vencer Grandes Prémios consecutivos na categoria rainha com 20 anos e 154 dias de idade, batendo o anterior recorde de Freddie Spencer, que tinha 21 anos e 104 dias de idade quando triunfou na África do Sul e em França em 1983 aos comandos de uma Honda.
 
A sua primeira vitória em Indianápolis fez de Márquez o segundo estreante na categoria rainha a assinar três triunfos consecutivos; o outro piloto a conseguir tal feito foi Kenny Roberts, que ganhou os GPs da Áustria, França e Itália em 1978.
 
As vitórias de Márquez em Sachsenring, Laguna Seca e Indianápolis deram-lhe o recorde de mais jovem piloto de todos os tempos a vencer três provas consecutivas na categoria rainha dos Grandes Prémios com 20 anos e 182 de idade, batendo o recorde de Freddie Spencer que tinha 21 anos e 125 dias de idade quando venceu na África do Sul, França e Itália em 1983.
 
O triunfo na República Checa deu a Márquez o recorde de ser o primeiro estreante da categoria rainha a vencer quatro GPs consecutivos.
 
A vitória no MotorLand Aragón foi a sexta do ano – o maior número de triunfos por parte de um estreante na categoria rainha.
 
As vitórias de Márquez em Sachsenring, Laguna Seca, Indianápolis e Brno deram-lhe o recorde de mais jovem piloto de todos os tempos a vencer quatro provas consecutivas na categoria rainha dos Grandes Prémios com 20 anos e 189 de idade, batendo o recorde que era detido desde 1962 por Mike Hailwood, com 22 anos e 139 dias de idade.
 
Márquez terminou nos três primeiros por 16 vezes em 2013 - o maior número de pódios de sempre por parte de um estreante na categoria rainha.
 
Ele qualificou-se na pole position por nove vezes em 2013 – o maior número de poles de sempre por parte de um estreante na categoria rainha.
 
O seu total de 334  pontos é o mais elevado de sempre por parte de um estreante na categoria rainha.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™