Moto2™ 2013: A busca pelo sucesso de Márquez

Moto2™ oferecido por
Segunda, 1 Abril 2013

Pol Espargaró é o claro favorito ao ceptro deste ano da Moto2™, ainda para mais porque o vice-Campeão em título não vai ter de se ver com Marc Márquez. Apesar disso, a história prova que a incerteza nunca está longe da categoria intermédia...

 

Após a tradição dos últimos anos, a luta tem início sob as luzes artificiais do Commercial Bank Grande Prémio do Qatar. É lá, em Losail, no meio do deserto, que Espargaró espera rodar levar a sua Tuenti HP 40 ao topo do pódio pela primeira vez no ano. A combinação moto/piloto é talvez a que está mais próxima da perfeição este ano, pelo que muitos encaram o primeiro triunfo como uma questão de “quando e não se”.
 
Espargaró pode ter estado um passo à frente durante a pré-época, mas a lista de candidatos é longa. Entre eles estão os Campeões do Mundo e compatriotas Julián Simón (Italtrans Racing Team), Toni Elías (Blusens Avintia e vencedor do primeiro ceptro da Moto2 em 2010) e Nico Terol (Mapfre Aspar Team). Os três, e mais, estão equipas com tecnologia muito competitiva.
 
Quem merece clara menção nessa lista é o suíço Tom Lüthi, mas o piloto da Interwetten Paddock vai falhar, pelo menos, as duas primeiras rondas da temporada depois de bizarra colisão no teste de Valência. Enquanto isso, ele é substituído pelo espanhol Sergio Gadea, que regressa ao Campeonato.
 
Em luta estão, no total, 51 posições no pódio ao longo da época de Moto2™ e parece que serão repartidos por vários nomes. Outros nomes de monta incluem os companheiros de equipa na NGM Mobile Racing, Simoni Corsi e Mattia Pasini, cuja formação foi fortalecida ainda pela inclusão de Alex de Angelis e Ricky Cardús, que roda sob as cores da NGM Mobile Forward Racing. Olhar atento também deve ser mantido sobre Takaaki Nakagami e Simón, na Italtrans Racing Team, bem como em Esteve Rabat, que deve estar em excelente posição para recolher louros pelo facto de ser companheiro de equipa de Espargaró na Tuenti HP 40.
 
Para garantir que o pelotão está ainda mais equilibrado, novidade na classe este ano é o limite de peso de 215kg – tendo em conta moto e piloto totalmente equipado.
 
Junte-se a isto ainda o facto de este ano a grelha da Moto2™ contar com 17 vencedores de Grandes Prémios, cinco deles antigos Campeões das 125cc.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™