MotoGP™ regressa à acção com início do segundo teste de Sepang

MotoGP™ back in action as Sepang part two gets underway
Terça, 26 Fevereiro 2013

Após duas semanas de ausência, chegou a altura para a grelha do MotoGP™ se voltar a juntar no Circuito Internacional de Sepang para dar início ao segundo teste de três dias de 2013, com Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, a liderar ao final da manhã, à frente de Lorenzo e Marc Márquez.

 

Pedrosa voltou a retomar o trabalho no ponto em que o deixou ao assinar o melhor tempo pelas 14 horas locais, a meio do primeiro dia do teste, com 2m01,580s. O espanhol, que está a trabalhar na afinação da moto e a fazer tiradas mais longas, contou de novo com a rivalidade do companheiro de equipa Marc Márquez, que registou a terceira marca enquanto ensaiou a afinação de Pedrosa do primeiro teste de Sepang e continua a ganhar confiança. Ele teve pequena saída de pista esta manhã, mas saiu ileso.
 
A dupla da Yamaha Factory Racing, Jorge Lorenzo e Valentino Rossi, terminaram a manhã em segundo e quinto, respectivamente, com ambos a fazerem tiradas com a distância da corrida nas suas M1. Rossi disse após o primeiro teste que este era ainda um ponto fraco que tinha em comparação com o companheiro de equipa. Já a Ducati apresentou-se com novo depósito de combustível para Andrea Dovizioso e Nicky Hayden testarem, com o italiano a ser oitavo e Hayden nono.
 
Stefan Bradl, LCR Honda MotoGP, foi o mais rápido entre os homens das formações satélite. O germânico terminou a manhã em quarto, à frente de Rossi, isto enquanto tratou de escolher uma das duas opções de afinação em que a equipa trabalhou no primeiro teste; ele também continua a refinar o funcionamento da suspensão Öhlins e dos travões Nissin. Álvaro Bautista, da GO&FUN Honda Gresini, foi o sétimo mais lesto dando continuidade ao trabalho com a RC213V com suspensão Showa.
 
Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3) continuou com a impressionante forma apresentada no início de Fevereiro ao ser sexto, com o estreante britânico e companheiro de equipa Bradley Smith a fazer o mesmo e a terminar em décimo. Ben Spies, da Pramac Racing, iniciou o teste em 13º enquanto tenta recuperar de lesão no ombro. Já o seu companheiro de equipa Andrea Iannone está a trabalhar na avaliação de dois motores diferentes da Ducati, com diferentes distribuições de peso, e terminou a manã em 14º.
 
As três formações de fábrica voltam a contar com a presença de pilotos de testes, com a Yamaha a fazer rodar Katsuyuki Nakasuga eWataru Yoshikawa, a Honda com Takumi Takahashi e a Ducati com Michele Pirro.
 
A meio do dia o melhor piloto CRT era Aleix Espargaró (Power Electronics Aspar) com a 12ª marca apesar de pequena queda, a 2,3s do topo. O seu tempo impressionou desde o início, com a segunda melhor CRT a ser a de Hiroshi Aoyama, em 17º com a sua Avintia Blusens. Atrás dele ficou Randy de Puniet (Aspar), Danilo Petrucci (Came IodaRacing Project), Karel Abraham (Cardion AB Motoracing) e Yonny Hernandez (Paul Bird Motorsport). Os pilotos da NGM Mobile Forward Racing, Colin Edwards e Claudio Corti, parecem ter já melhorado em relação ao último teste e terminaram à frente de Héctor Barberá (Avintia) Bryan Staring (Gresini) e Lukas Pesek (Ioda).
 
Veja aqui os resultados completos do teste de MotoGP.
TAGS 2013 Sepang Circuit

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™