Era moderna do MotoGP™ chega aos 200 em Silverstone

MotoGP™ modern era hits 200 at Silverstone
Domingo, 1 Setembro 2013

O Hertz Grande Prémio de Inglaterra de 2013 marca um momento histórico no Campeonato do Mundo de MotoGP™; o evento de domingo é o 200º Grande Prémio desde a introdução da nova fórmula das 4-tempos em Suzuka, em 2002.

 

Desde 2002, a categoria de MotoGP foi alvo de várias alterações para consolidar o seu estatuto de categoria rainha do motociclismo de velocidade e de um dos principais desportos motorizados a nível internacional.
 
Ao longo das últimas 199 corridas a Honda provou ser o construtor mais bem sucedido com um total de 91 vitórias. “A Honda conseguiu muito bons resultados com diferentes pilotos e este ano começou com novo talento e estamos muito contentes com o nosso envolvimento no Campeonato,” diz o Vice-Presidente da HRC, Shuhei Nakamoto.
 
“A Honda tenta ajudar a Dorna a fazer crescer o MotoGP™ e também gostamos de estar aqui porque podemos continuar a desenvolver tecnologia que pode, no futuro, ser usada em máquinas de produção – e o MotoGP é a melhor plataforma para o fazer. Em conjunto com outros construtores e a Dorna, estamos a falar do futuro do MotoGP™ e desejoso por continuar o nosso envolvimento no desporto.”
 
A Yamaha também tem tudo grande sucesso na classe de MotoGP™, com múltiplos títulos de Construtores e Pilotos conquistados por Valentino Rossi e Jorge Lorenzo. "Estava cá quando a Dorna trocou o logo e foi re-introduzida a nova marca com a era das 4-tempos,” diz Lin Jarvis, Director Geral da Yamaha Motor Racing S.r.l. “Felizmente, temos tido muito sucesso: 200 pódios, 76 vitórias e seis títulos mundiais; penso, por isso, que foi tem sido um período muito excitante.”
 
“Assistimos a muitas alterações e tivemos altos e baixos pelo caminho. Para mim, uma das grandes diferenças com a Yamaha desde o início da era das 4-tempos do MotoGP™ é que a relevância das corridas para o nosso produto e vendas tem sido muito significativa. O MotoGP™ é agora uma parte essencial da promoção global da Yamaha e temos visto isso com outros construtores. O futuro parece cada vez mais positivo.”
 
A introdução das 4-tempos de MotoGP levou ao regresso da Ducati aos Grandes Prémios a partir de 2003 e após 30 anos de ausência.
 
“A Ducati decidiu entrar no MotoGP sob os novos regulamentos das 4-tempos e temos tido muito sucesso, com bons resultados logo na nossa primeira campanha em 2003,” recorda o Director de Projecto de MotoGP da Ducati, Paolo Ciabatti. “O MotoGP é onde todos os construtores trazem a sua tecnologia e pilotos de topo, pelo que estamos contentes por trabalhar ao lado da Dorna para fazer um grande Campeonato.”
 
Refletindo sobre a evolução do Campeonato desde 2002 e do crescimento da marca MotoGP, Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna Sports, detentora dos direitos comerciais do MotoGP, comenta: “Tomar a decisão de mudar para as 4-tempos, em conjunto com os construtores, foi um grande sucesso e abriu a porta para as mudanças feitas nas categorias mais baixas, a Moto2™ e Moto3™. Estamos satisfeitos por termos respondido aos desejos da indústria do motociclismo, fazendo o Campeonato mais relevante em termos tecnológicos com a mudança para as 4-tempos, mas também com o facto das corridas serem mais espectaculares. Todos anos temos mais desenvolvimentos e esperamos mais sucesso no futuro graças à nossa relação de colaboração com todos os construtores envolvidos.”

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™