Pedrosa continua na frente no reatar dos testes de MotoGP™

Pedrosa still quickest as MotoGP™ testing resumes
Terça, 26 Fevereiro 2013

Dani Pedrosa manteve-se no topo no reatar dos testes de pré-época de MotoGP™ esta terça-feira na Malásia. Depois de ter dominado os três dias do último ensaio há três semanas, o piloto da Repsol Honda Team e o seu companheiro de equipa e estreante Marc Márquez ficaram separados pelo Campeão do Mundo Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing. A maioria do pelotão voltou a sentir-se frustrado com o mau tempo.

 

O dia começou seco em Sepang, mas depois das 14h30 locais a chuva abateu-se sobre o traçado, obrigando a compasso de espera nas garagens. Pedrosa, que tinha apostado numa tirada longa e agora a adiou para quarta-feira, foi o mais rápido com 2m01,580s. Valentino Rossi também pretendia fazer tiradas com a distância de corrida, mas também terá de esperar depois de ter sido quinto.
 
As condições climatéricas acabaram por confirmar Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) como quarto da geral, dando continuidade à análise das duas opções de afinação experimentadas no primeiro teste do ano. Com a melhor marca no seco a meros 17 milésimos da mais lenta das Hondas de fábrica, a lista dos sete primeiros ficou separada por menos de segundo, com Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3) e Álvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini) a fecharem o grupo, enquanto o estreante britânico Bradley Smith terminou bem dentro dos dez primeiros.
 
A Ducati Team também viu os seus dois pilotos concluírem no Top 10, com Andrea Dovizioso e o Campeão do Mundo de Nicky Hayden a serem oito e novo. A formação agora detida pela Audi chamou à atenção ao rodar com novo depósito de combustível. Mais atrás, os pilotos de testes das três formações oficiais trabalharam em vários programas, com Katsayuki Nakasuga e Waturu Yoshikawa a rodarem pela Yamaha, enquanto a Ducati contou com Michele Pirro e a Honda com Takumi Takahashi.
 
Ben Spies, da Ignite Pramac Racing Team, foi 13º continuando a lutar com a lesão no ombro, enquanto o companheiro de equipa Andrea Iannone avaliou dois motores à conta da distribuição de peso da máquina da Energy T.I. Pramac Racing Team.
 
Uma vez mais, Aleix Espargaró (Power Electronics Aspar) marcou o ritmo nas CRT, saindo ileso de pequeno contratempo na Curva 1 quando a ART lhe fugiu. O companheiro de equipa Randy de Puniet foi 18º, completando  22 voltas, enquanto Espargaró fez 287. Quem fez mais quilómetro foi Hayden, com 46 voltas.
 
O 17º foi Hiroshi Aoyama, o melhor da Avintia Blusens com a FTR CRT, enquanto o companheiro de equipa Héctor Barberá ficou sete posições mais atrás. Tendo trocado da Suter BMW para uma FTR Kawasaki em 2013, Colin Edwards (NGM Mobile Forward Racing) terminou o dia em 20º, à frente de Danilo Petrucci (Came IodaRacing Project) e de Karel Abraham (Cardion AB Motoracing), que este ano passou de um protótipo satélite para uma CRT.
 
O pelotão foi fechado por Claudio Corti com a segunda máquina da Forward Racing, bem como por Bryan Staring (Gresini) e Lukáš Pešek (Ioda). Mesmo à frente deste trio ficou Yonny Hernandez (Paul Bird Motorsport ART), com o companheiro de equipa Michael Lavety a não rodou com a moto feita pela equipa por esta ter continuado a instalação da ECU Magnetti Marelli.
 
O segundo dos três dias de testes desta semana tem início pelas 10 horas locais (2h00 de Portugal) de quarta-feira. Caso o tempo se mantenha igual ao de hoje as equipas podem ver-se forçadas a alterar os seus planos para tirarem melhor partido de um circuito seco.
 
Veja aqui os resultados completos do teste de MotoGP.
TAGS 2013 Sepang Circuit

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™