"Pedrosa é quem tem de ganhar o título," diz Márquez

‘Pedrosa the one who has to win’ - Marquez
Quarta, 25 Setembro 2013

Marc Márquez sublinha que Dani Pedrosa ainda detém a posição de “número um” na Repsol Honda Team, isto apesar do estrear liderar o campeonato quando faltam apenas disputar cinco corridas nesta época de 2013.

 

Em termos estatísticos, os números pendem de forma claramente favorável para o lado do Campeão do Mundo de Moto2™. Apesar de ser a sua época de estreia na categoria rainha, Márquez superou Pedrosa em nove qualificações contra quatro e, em corrida, superou o mais experiente companheiro de equipa em oito dos 12 GP’s em que ambos participaram (Pedrosa falhou o Grande Prémio da Alemanha após queda). Contudo, no que toca à corrida pelo ceptro e à luta contra Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, não espera uma inversão de papeis.
 
“É claro que, estando na situação em que estou, não o posso negar: sim, estamos a pensar no campeonato e sabemos que temos a possibilidade de o ganhar,” começa Márquez. “Mas mantenho o disse antes. Já fiz mais do que esperava no meu primeiro ano no MotoGP™ e se vencer o título então sim, seria fantástico, mas não sinto qualquer obrigação para vencer. Tanto o Dani, como o Jorge estão muito fortes e estão a dar os 100%. Para mim é uma honra estar a lutar contra o melhor Jorge e melhor o Dani (agora ambos recuperados das lesões). Eles estão a dar o máximo para me oferecerem muita luta. O Jorge está a jogar bem as suas cartas, ele sabe que tem de o fazer, de correr riscos e vencer corridas.”
 
No que respeita à luta interna com Pedrosa, Márquez continua:
 
“Quando se está em pista o primeiro inimigo é o companheiro de equipa. Temos sempre essa rivalidade na garagem. Mas para mim é claro que neste momento o Dani é o número um da nossa equipa. É ele que tem de vencer o título e eu sou o estreante. Foi assim que comecei o ano e é assim que vou terminar – e não tenho qualquer intenção de assumir um papel diferente porque não é o meu momento. Veremos o que acontece para o ano, mas neste momento o meu papel é ser o estreante e estou a tirar o máximo partido disso porque não tenho responsabilidades, nem pressão. Posso correr com mais liberdade.”
 
A 14ª das 18 jornadas da época, o Grande Prémio Iveco de Aragão, tem lugar este fim-de-semana com Márquez na frente da classificação com 34 pontos de vantagem sobre Lorenzo e Pedrosa. Estão em luta 125 pontos até ao final do ano.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™