Pol Espargaró: Campeão do Mundo de Moto2™

Moto2™ oferecido por
Domingo, 27 Outubro 2013

O sucesso de Pol Espargaró em 2013 representa o primeiro título de Campeão do Mundo do piloto. Aos 22 anos o espanhol torna-se no quarto Campeão da Moto2™ e o 107º piloto diferente a conquistar um ceptro na história do Campeonato do Mundo.

O irmão mais novo de Aleix Espargaró, que compete no MotoGP™, estreou-se no Mundial como wildcard em 2006 no Circuito de Barcelona Catalunha, praticamente a dez minutos de sua casa, em Granollers. De 27º da grelha, Pol acabou por terminar a corrida de 125cc em 13º para se tornar no mais jovem de sempre a somar pontos no Campeonato do Mundo, praticamente uma semana depois de ter feito 15 anos. A rodar no lugar do lesionado Andrea Iannone nas últimas seis corridas, Espargaró impressionou com o sexto posto no final da época em Valência. A sua primeira temporada completa teve lugar em 2007, trocando da Derbi para a Aprilia e conquistando o primeiro pódio no Estoril ao terminar a dois décimos do vencedor Héctor Faubel, em segundo.
 
Espargaró regressou à Derbi para a última das suas três temporadas nas 125cc. Em 2008 somou mais três pódios e garantiu a primeira pole em Barcelona. Ele acabou a época em quarto em 2009, melhorando depois com o terceiro posto final ao falhar o pódio apenas por cinco vezes em 2010. Marc Márquez acabou por vencer o título antes dele e Espargaró saltarem para a Moto2™ em 2011. A primeira campanha de Espargaró na categoria intermédia foi feita com maquinaria FTR e revelou-se difícil, sem somar um pódio até Indianápolis, seguindo-se outro na Malásia. Ele terminou o ano de forma modesta com o 13º lugar no campeonato e trocou para a Kalex em 2012.
 
Recordado pela batalha entre Pol Espargaró e Marc Márquez, o Campeonato do Mundo de Moto2™ de 2012 não foi livre de controvérsia. Espargaró somou oito poles e quatro vitórias, incluindo na segunda ronda do ano em Jerez, que foi interrompida com bandeira vermelha. Os outros três triunfos surgiram em Silverstone, MotorLand Aragón e Phillip Island, com o sucesso na Austrália a ser dominador graças a uma margem de quase 17 segundos no final. Contudo, houve um incidente algo problemático em Barcelona quando Espargaró caiu após ser tocado por Márquez, que estava a recuperar de um incidente. Ele acabou por terminar o ano em segundo, a 56 pontos de Márquez.
 
Favorito ao ceptro em 2013, Espargaró deixou claro ao que vinha ao vencer a ronda de abertura sob as luzes artificiais do Qatar, mas só depois de animada batalha com Scott Redding. Ele não manteve a liderança por muito tempo, caindo no primeiro Grande Prémio das Américas duas semanas mais tarde. Seguiu-se um terceiro lugar em Jerez e depois nova queda em Le Mans e o quarto lugar em Mugello; só então surgiram as duas vitórias consecutivas de Barcelona e Assen. O ponto mais baixo foi o oitavo lugar em Silverstone, com o rival ao ceptro Redding a disparar para popular vitória em casa, mas os triunfos de Misano e Phillip Island foram mais que bem-vindos. O pontos de viragem foi a qualificação na Austrália, quando Redding caiu e fracturou o pulso esquerdo, o que o deixou de fora por uma corrida.
 
Espargaró conquistou o título em Motegi a 27 de Outubro ao vencer o Grande Prémio do Japão depois dos rivais mais próximos, Redding e Titio Rabat, se terem envolvido numa colisão múltipla na primeira volta. Em 2014 vai passar para o MotoGP™ com a Monster Yamaha Tech3 e espera-se que lute por posições no pódio enquanto faz dupla com Bradley Smith.
 
Alguns factos sobre Pol Espargaró: 
 
Espargaró tornou-se no sexto espanhol a conquistar o título Mundial da categoria intermédia, juntando-se a: Sito Pons (1988 e 1989), Dani Pedrosa (2004 e 2005), Jorge Lorenzo (2006 e 2007), Toni Elias (2010) e Marc Márquez (2012)
 
Espargaró venceu o título ao recuperar de um déficit de 38 pontos para Scott Redding após a 11ª corrida do ano, em Silverstone
 
Das 16 corridas de Moto2™ já disputadas em 2013, Espargaró foi quem mais pole positions conquistou (cindo), mais pódios (dez) e mais vitórias (seis).
 
Biografia
 
Data de nascimento: 10 de Junho de 1991
Local de nascimento: Granollers, Espanha
1º Grand Prix: Catalunha 2006, 125
1ª pole position: Catalunha 2008, 125
1º pódio: Portugal 2007, 125
1ª vitória: Indianápolis 2009, 125
Grandes Prémios: 121
Vitórias em Grandes Prémios: 15
Pódios: 44
Pole positions: 16
Voltas mais rápidas: 15
Campeonatos do Mundo: Moto2™ (2013)
 
Carreira no MotoGP™:
 
2006: Campeonato do Mundo de 125 – 20º numa Derbi, 7 partidas, 19 pontos
2007: Campeonato do Mundo de 125 – 9º numa Aprilia, 17 partidas, 110 pontos
2008: Campeonato do Mundo de 125 – 9º numa Derbi, 14 partidas, 124 pontos
2009: Campeonato do Mundo de 125 – 4º numa Derbi, 16 partidas, 174 pontos
2010: Campeonato do Mundo de 125 – 3º numa Derbi, 17 partidas, 281 pontos
2011: Campeonato do Mundo de Moto2™ – 13º numa FTR, 17 partidas, 75 pontos
2012: Campeonato do Mundo de Moto2™ – 2º numa Kalex, 17 partidas, 268 pontos
2013: Campeonato do Mundo de Moto2™ – CAMPEÃO numa Kalex, 16 partidas, 265 pontos

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™