Sachsenring: Território de felicidade para Pedrosa

Preview Germany MotoGP
Segunda, 8 Julho 2013

Se os últimos três Grandes Prémios da Alemanha são indicadores de alguma coisa, Dani Pedrosa deve rumar a Sachsenring com muito mais confiança. Contudo, como a corrida de 2008 recordou o espanhol, nada é certo nas corridas de motos...

 

Muitos ficariam contentes por terminar uma corrida de MotoGP™ em quarto, mas sabendo que o maior rival Jorge Lorenzo esta lesionado e partia de 12º, Pedrosa ficou naturalmente desapontado por ter ganho apenas quatro pontos ao adversário da Yamaha Factory Racing. Na verdade, com o quarto lugar o piloto da Repsol Honda Team igualou o seu pior resultado de 2013 até à data e colocou ponto final numa sequência de cinco pódios seguidos – a mais longa de qualquer piloto este ano nos três primeiros.
 
Agora a caminho da Alemanha, Pedrosa pode sentir-se confortável pelo facto de ter triunfado em Sachsenring em 2010, 2011 e 2012, o que levou o seu total de triunfos na pista a seis depois de dois na categoria intermédia, assim como a primeira vitória no MotoGP™ em 2007. Um ano mais tarde, ele perdeu controlo de forma impressionante quando liderava a corrida e acabou por ir ao chão de forma violenta na Curva 1.
 
Quanto a Lorenzo, a tarefa será continuar a limitação de danos. Quão afectado será o Campeão do Mundo pela fractura na clavícula contraída no primeiro dia de Assen? Pode dizer-se que estamos agora perante uma inversão de papeis, com Pedrosa a ter sido tantas vezes afectado por lesões no passado, enquanto Valentino Rossi, que somou a 80ª vitória na categoria rainha em Assen, vai tentar tirar o melhor partido da situação e levar a melhor, uma vez mais, sobre o companheiro de equipa.
 
Marc Márquez regressou ao topo de forma tranquila há duas semanas e está agora a uma vitória da liderança, enquanto Cal Cruchlow, da Monster Yamaha Tech 3, tem o quarto posto ameaçado por Rossi, a apenas dois pontos de distância. Ironicamente, a última vitória de Rossi em Assen surgiu na 46ª corrida de MotoGP™ disputada desde Sepang, 2010, enquanto ele totaliza agora 4.646 pontos ao longo de toda a carreira. Duas coincidências.
 
No que toca a Sachsenring, esta será a 16ª vez consecutiva que a pista recebe o MotoGP™. A história da corrida na área remonta à década de 20 do século passado, com o presente traçado a fazer parte do calendário desde 1998. Antes disso, a prova disputou-se em Hockenheim, que recebeu o primeiro evento até ao título de GP da Alemanha em 1991. A Honda soma seis vitórias nas últimas dez corridas na Alemanha, principalmente graças a Pedrosa.
 
A grelha mantém o alinhamento habitual no próximo evento. Iván Silva continua a rodar no lugar do lesionado Hiroshi Aoyama pela Avintia Blusens, enquanto Michele Pirro vai voltar a substituir Ben Spies na Ignite Pramac Racing, passando depois o testemunho a Alex de Angelis em Laguna Seca, enquanto Pirro vai testar pela Ducati Team em Misnao. Na LCR Honda MotoGP, Stefan Bradl correr em casa depois de dois dias de testes de Argentina na semana passada. Para registo, nunca um alemão venceu uma corrida de MotoGP™ em casa desde que Edmund Czihak venceu no Grande Prémio da Alemanha Ocidental em Nurburgring, em 1974 – com isto em mente, um pódio por parte de Bradl seria claramente bem-vindo...
 
A corrida de MotoGP do eni Motorrad Grande Prémio da Alemanha de domingo tem início pelas 14 horas locais.
TAGS Germany

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™