Redding contra o mundo em Itália

Moto2™ oferecido por
Segunda, 27 Maio 2013

O Grande Prémio de França de Moto2™ foi perfeito para o britânico Scott Redding, e um desastre para os rivais mais próximos. A terem desistido da corrida, ou somado muito poucos pontos, a tarefa dos opositores é correr atrás do britânico nesta passagem da categoria intermédia pelo Grande Prémio de Itália TIM.

 

Redding combinou a consistência com a primeira vitória de Moto2 para deixar França na liderança da classificação com 24 pontos de margem. O piloto da Tuenti HP 40, Esteve Rabat, é o rival mais próximo do homem da Marc VDS Racing Team, com todos os outros rivais a mais de 25 pontos (uma vitória) de distância do líder.
 
Pode dizer-se que a pressão começou a fazer-se sentir. O companheiro de equipa de Rabat, Pol Espargaró – que durante quase todo o fim-de-semana de Le Mans foi dado como piloto da Tech 3 no MotoGP no próximo ano – era visto com o grande favorito ao título da Moto2 deste ano. Quinto no Campeonato de Pilotos e a 35 pontos da frente ao cabo de quatro corridas não era, certamente, o que estava planeado.
 
Entre Redding e Espargaró na corrida ao ceptro estão o já referidos Rabat, o companheiro de equipa de Redding, Mika Kallio, e o suíço Dominique Aegerter (Technomag carXpert e único piloto além de Redding a ter terminado nos dez primeiros em todas as corridas já disputadas este ano). Tal consistência seria uma melhoria para Espargaró, que também espera compensar o facto de ter perdido a corrida do ano passado para Andrea Iannone pela curta margem de nove centésimos de segundo.
 
O quinto classificado Espargaró é seguido do piloto da Mapfre Aspar Team Moto2, Nico Terol (também sofreu queda em Le Mans) e por Xavier Simeon (Desguaces Le Torre Maptaq), que em França se tornou no primeiro belga a terminar um Grande Prémio no pódio desde que Didier de Radigues nas 250cc em Spa-Francorchamps em 1990. Os Tifosi esperam assistir ao sucesso dos pilotos da casa, isto apesar do melhor italiano no Campeonato ser Mattia Pasini (NGM Mobile Racing), que ocupa um modesto 12º posto. A repetição de uma vitória transalpina, como no ano passado, deverá ser difícil...
 
A jornada contará com a participação de um wild card, mas não é um local; o gaulês Lucas Mahias vai rodar sob as cores da Prosport Moto.
TAGS Italy

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™