Red Bull MotoGP Rookies: Hanika vence em Assen e Manzi cai

Sexta, 28 Junho 2013

Karel Hanika deu continuidade ao sucesso na Red Bull MotoGP Rookies Cup ao garantir a segunda vitória da época de forma brilhante no Dutch TT. O checo de 17 anos foi pressionado durante toda a prova, primeiro pelo herói da casa Scot Deroue, da mesma idade, e após a queda do holandês a pressão veio do italiano de 14 anos Stefano Manzi, que correu colado à roda de Hanika até também ele ir ao chão na última curva.

“Foi uma corrida dura,” disse o checo. “Tanto o Scott, como o Stefano ofereceram grande luta. Gostava que estivessem lá os dois no final porque lutaram mesmo muito bem. Foi fantástico ter o Scotty de novo na frente e no final eu e o Stefano tivemos uma luta muito boa.”

“Nas últimas voltas tive de o deixar liderar porque queria estar em posição de o passar na penúltima curva, ou na última chicane, ambas muito rápidas. Acabou por ser na travagem para a chicane, estávamos lado a lado, mas não nos tocámos, ele derrapou, uma pena, mas as corridas são assim. Uma grande prova para o campeonato,” concluiu Hanika que passou a contar com 33 pontos de vantagem sobre Jorge Martin, o espanhol de 15 anos que cruzou a meta à frente do compatriota Marcos Ramirez, também de 15 anos.

Jorge Martin second

Martin fez corrida solitária no que começou por ser um quarto lugar enquanto perseguia Hanika, Deroue e Manzi; ele aproximou-se dos rivais, mas nunca os conseguiu apanhar. “Estava a tentar apanhá-los, mas não consegui,” disse Martin. “A afinação da moto não era a mais correcta e sabia que não podia puxar mais forte, senão caía.”

Provavelmente uma escolha avisada já que acabou por terminar em segundo enquanto Deroue e Manzi ficaram de fora a pensar no que podiam ter feito de diferente. “Fiquei contente por pelo menos ter voltado a correr na frente,” disse Deroue que nos dois primeiros fins-de-semana do ano esteve arredado do topo. “Ao menos por uma vez fiz uma grande partida e depois o Hanika e eu tivemos uma grande luta. Depois o Manzi passou para para a frente, tentei ir atrás deles e derrapei; não estava a fazer qualquer loucura, não sei o que aconteceu. Mas ainda temos amanhã e quero voltar a andar na frente.”

O erro de Manzi na última curva

Manzi soube exactamente o que aconteceu quando caiu na última curva: “Chegámos a última chicane, entrei demasiado rápido na curva, mas ou era isso, ou deixar o Karel ganhar. Mas foi uma grande corrida, não puxei demasiado de início porque a temperatura da pista estava muito fria e queria garantir que os pneus estavam a funcionar bem. Depois vi que o Hanika e o Deroue se estavam a isolar, pelo que fui atrás deles. Diverti-me muito e espero poder fazer o mesmo amanhã.”

Ramirez teve de se esforçar para terminar no mais baixo do pódio, cruzando a meta mesmo à frente do sul-africano de 16 anos Jordan Weaving, de Joe Roberts (americano, 16 anos) e de Diego Perez (espanhol, 15 anos), que lutaram de forma titânica pelas posições. “Foi uma grande corrida,” disse Ramirez, líder do Campeonato de Espanha de Moto3. “Estávamos a lutar e a ultrapassar em todos os sítios. Na última volta dei tudo o que tinha e levei a melhor, foi fantástico.”

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™