Redding: "Penso que este ano vai entre mim, o Espargaró e o Lüthi"

Moto2™ oferecido por
Redding: “I think this year it’s going to be between Espargaró, Lüthi and myself”
Terça, 29 Janeiro 2013

Scott Redding, da Marc VDS Racing Team, reservou algum do seu tempo para dar algumas luzes aos seus adeptos sobre o seu treino e sobre o que pensa da época que tem pela frente. Não perca a entrevista completa e o vídeo de Redding, cortesia da equipa.

 

O que fez de 2012 a tua melhor época até ao momento?
 
A minha temporada de 2012 correu mesmo bem e penso que foram várias coisas na verdade. O chassis foi muito importante, tal como conhecer melhor a equipa, trabalharam todos muito bem em conjunto, todas as pequenas coisas se conjugaram bem, o que fez de 2012 a minha melhor época até ao momento.
 
Para ti, qual foi o ponto alto de 2012?
 
Tive alguns momentos altos em 2012. Um deles foi em Silvertstone, a luta com o Márquez. Também tivemos uma boa corrida em Phillip Island. Tivemos alguns bons momentos em várias corridas ao longo de todo o fim-de-semana e isto também fez com que fosse uma boa época para mim.
 
Quatro pódios no ano passado, mas ainda a falta a primeira vitória...
 
A questão do pódio para mim... Consegui os primeiros pódios, mas tenho lutado pela primeira vitória. Penso que as primeiras são sempre as mais difíceis. Quero subir ao mais alto do pódio o mais depressa possível em 2013.
 
Arrependes-te de não estares no MotoGP em 2013 com a Ducati?
 
Testar com a Ducati em Mugello em 2012 foi uma boa ideia, para saber como eram as motos, a potência e tudo o mais. Os tempos por volta foram muito bons, mas como disse, faltava-me alguma coisa para rodar com uma máquina de MotoGP este ano, mas creio que estava tudo alinhado para ficar onde estou.
 
Como é que estás a treinar para a época que tens pela frente?
 
Senti que este ano me tinha de preparar mais que nunca para a primeira corrida durante o Inverno. Por isso fui para Espanha antes do Fim-de-Ano e agora estamos em Albaida com motocross, ou supermoto. Basicamente foi treino com a supermoto, muito treino físico, e preparar-me o melhor possível para a primeira corrida do ano. Passei oito dias na Áustria a treinar mais um pouco, física e mentalmente, para ter tudo a 100% para a primeira vez que montar a moto e garantir que do meu lado nada me deixará mal.
 
O que significa para ti o novo limite de peso combinado da Moto2?
 
O limite de peso deste ano dá-nos mais possibilidades de chegarmos ao limite, os outros pilotos não podem ficar mais leves, o que significa que tenho um pouco mais de possibilidades porque, na verdade, posso perder um, ou dois quilos, o que ajudará. As equipas também estão a fazer um grande trabalho para tentarem encontrar algumas coisas nas motos e fatos, pelo que todas as pequenas coisas farão diferença no final.
 
Que melhoramentos pediste à Kalex para a tua moto?
 
Falámos com eles sobre o chassis para o tornar a moto mais leve, pelo que vamos ter novo braço oscilante que será um pouco mais leve e, talvez, novo chassis; vamos o que nos trará o primeiro teste.
 
Quais são os teus principais objectivos para 2013?
 
O meu principal objectivo para 2013 é lutar pelo campeonato. É o meu quarto ano na Moto2 e sinto que agora deveria estar no topo; fiz 20 anos no início do mês, pelo que para mim este ano é muito importante e quero fazer tudo de forma perfeita.
 
Quem pensas que serão os teus principais rivais esta época na Moto2?
 
O campeonato de Moto2 tem muito nível e penso que este ano a luta vai ser entre mim, o Pol Espargaró e o Tom Lüthi e, talvez, alguns estreantes, mas creio que a luta principal durante a época vai ser entre mim, o Espargaró e o Lüthi.
 
Para saber mais sobre os pilotos que treinam com motocross não perca o Off Season Show desta semana no motogp.com.

 

TAGS 2013

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™