Márquez estreia-se com protótipo de 2013 na Malásia

Sepang Honda Test Day 2
Terça, 27 Novembro 2012

O segundo dia de testes na Malásia foi mais produtivo para os pilotos da Repsol Honda Team e da Go & Fun Honda Gresini, com as condições secas a darem-lhe a possibilidade de tirarem todo o partido do dia para testarem as respectivas montadas.

 

A pista estava seca pelas 11h30 locais e com uma temperatura ambiente de 32ºC e uma humidade de 65%. Marc Márquez foi o mais rápido; o jovem espanhol passou o dia a ensaiar várias afinações e testou ainda o protótipo de 2013, o mesmo que o companheiro de equipa Dani Pedrosa já tinha avaliado em Valência. Ele completou 60 voltas com o melhor tempo de 2m01,355s, pouco mais de um segundo acima do recorde da pole estabelecido este ano. O seu registo foi também dois segundos mais lesto que o de ontem, mostrando o quanto progrediu no espaço de 24 horas.
 
O espanhol comentou: “Hoje tivemos, finalmente, condições secas durante todo o dia! De manhã a pista estava um pouco molhada da chuva de ontem, mas secou depressa e conseguimos ir para a pista por volta das 11h30 e tirar partido de todo o dia. Na primeira saída melhorámos o tempo de ontem, o que foi mesmo positivo. Depois testámos algumas novas afinações e comecei a compreender melhor a moto e a minha confiança começou a crescer. Também testei o protótipo de 2013, com boas sensações, mas é mais importante reservar o meu tempo a conhecer a máquina de MotoGP e a adaptar o meu estilo de pilotagem a estas motos maiores. Foi um grande dia e espero que o tempo se mantenha seco para amanhã para podermos fazer muitas voltas e continuar a aprender.”
 
Álvaro Bautista, da Go & Fun Honda Gresini, continuou o trabalho nos novos componentes trazido pelo fornecedor de suspensões Showa, assinando o segundo melhor tempo com a Honda satélite de 2012, em 2m01,950s. Após o ensaio de ontem no molhado a equipa espera agora mais tempo de chuva para avaliar mais novos componentes com essas condições de piso. Apesar de ter encontrado mais pontos positivos, Bautista não ficou satisfeito com os progressos. A equipa vai continuar a testar novos elementos do fornecedor de travões Nissin no último dia de trabalho amanhã. Ele disse: “Foi um dia longo e atarefado porque tínhamos muita coisa para testar da Showa. Foi duro porque sempre que fui para a pista ia com novo garfo, ou novo amortecedor traseiro, pelo que não é fácil manter a concentração. O pequeno aspecto positivo que encontrámos ontem foi o único que tivemos hoje. Testámos diferentes suspensões, mas não encontrámos afinação melhor que ontem. Foi árduo, mas a realidade é assim. Temos de falar com a HRC e em conjunto temos de tomar uma decisão [sobre a suspensão a usar no próximo ano]. Isto não é fácil porque estou aqui a tentar melhorar a suspensão da Showa pedida pela HRC, mas após dois dias de muito trabalho não encontrámos grandes melhorias, pelo que temos de falar com a HRC e decidir em conjunto.”
 
O piloto de testes da Honda, Kousuke Akiyoshi, teve como tarefa avalia o upgrade de componentes do motor da moto de 2013, o que até agora resultou em respostas positivas por parte do nipónico, enquanto o novo piloto de testes Takumi Takahashi continuou o “treino” com a equipa. Takahashi sofreu queda por volta do meio-dia, mas saiu ileso do contratempo. Akiyoshi totalizou 48 voltas e assinou a terceira marca com 2m03,820s, enquanto Takahashi fez 57 voltas e apresentou uma marca de 2m07,360s.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™