Pedrosa lidera última manhã marcada por simulações de corrida

Quinta, 28 Fevereiro 2013

A meio do último dia do teste de MotoGP™ em Sepang era Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, quem liderava à frente de Jorge Lorenzo e Marc Márquez, enquanto grande parte das equipas tem na agenda levar a cabo simulações de corrida.

 

Após as fortes chuvas da noite os pilotos não conseguiram ir logo para a pista às 10h00 (locais), contudo a acção começou a ter lugar de forma gradual por voltas das 11h30. Pelas 14 horas Pedrosa era o homem a bater com 2m00,866s, isto apesar dos tempos estarem mais lentos que ontem. O espanhol pretende fazer uma simulação de corrida, enquanto o companheiro de equipa Marc Márquez, que terminou a manhã em terceiro, está a continuar a adaptação aos pneus e suspensão.
 
Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, segundo, continua com a abordagem metódica com o objectivo de completar tiradas longas com as opções macia e dura dos pneus, enquanto o companheiro de equipa Valentino Rossi é sétimo, continuando a trabalhar na aderência do pneu traseiro.
 
Álvaro Bautista, com a RC213V da GO&FUN Honda Gresini, esteve bem durante a manhã, o espanhol foi quarto enquanto procura uma entrafa em curva mais rápida. Ele terminou à frente de Stefan Bradl, da LCR Honda MotoGP, Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3), que ontem foi terceiro, não conseguiu repetir o ritmo e colocou a sua M1 no sexto posto, isto enquanto deu continuidade ao trabalho de afinação.
 
O oitavo lugar ficou a cargo de Nicky Hayden (Ducati Team) seguido do companheiro de equipa Andrea Dovizioso e de Andrea Iannone (Pramac Racing). A Ducati revelou estar contente com os resultados obtidos com o novo depósito de combustível e acredita que está a caminhar na direcção certa em termos de afinação. A separar Iannone do seu companheiro de equipa Ben Spies ficou Bradley Smith (Tech 3), que continua a curva de aprendizagem e levou a melhor sobre o piloto de testes da Ducati Michele Pirro. O italiano sofreu queda mesmo antes do meio-dia, mas saiu ileso.
 
A dupla da Power Electronics Aspar, Aleix Espargaró e Randy de Puniet, liderou as CRT em 14º e 15º, respectivamente, terminando à frente do piloto de testes da Yamaha, Katsuyuki Nakasuga, e de Héctor Barberá (Avintia Blusens). Karel Abraham, da Cardion AB Motoracing, terminou à frente de um melhorado Colin Edwards (NGM Mobile Forward Racing), que foi seguido por Hiroshi Aoyama (Avintia), Claudio Corti (NGM), pelo piloto de testes da Yamaha Wataru Yoshikawa e pelo piloto de testes da HRC Takumi Takahashi.
 
Yonny Hernandez, da Paul Bird Motorsport, terminou a manhã em 24º com o companheiro de equipa Michael Laverty limitado à garagem enquanto a equipa continua a trabalhar na electrónica da moto feita pela própria PBM. Bryan Staring, da Gresini, foi o nome que se seguiu, enquanto Danilo Petrucci (Came IodaRacing Project), que sofreu pequena queda de manhã, e o seu companheiro de equipa Lukas Pesek, fecharam a lista. Ambos os pilotos da Ioda estão a rodar com o antigo motor de 2012.
 
TAGS 2013 Sepang Circuit

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™