Crutchlow um pouco desapontado, Smith deixa Sepang contente

Quinta, 28 Fevereiro 2013

O piloto da Monster Yamaha Tech 3 Cal Crutchlow apresentou-se como um sério adversário para a temporada de 2013 no final do quarto teste de Sepang, enquanto o seu companheiro de equipa, o rookie Bradley Smith aproveitou para aumentar a sua experiência na M1.

Apesar de desapontado por não ter recebido novos elementos para o teste, Crutchlow  estará sem dúvida satisfeito por a sua moto de 2012 ter terminado a apenas seis décimos da frente, assim como por ter sido mais rápido que Valentino Rossi.

Smith esteve concentrado na técnica e no estilo de pilotagem e disse que o seu próximo objectivo é aproveitar melhor os pneus para tentar ser mais rápido do que o décimo tempo.

 Cal Crutchlow

“Ficámos satisfeitos com o último dia, rodámos bem e fiquei contente com o ritmo. Não planeámos ficar muito tempo em pista, mas eu saí e chamaram-me ao fim de 14 voltas porque estava a ficar sem combustível, por isso fiquei desapontando por não ter feito as 20 voltas, tal como o Jorge [Lorenzo].

 “Hoje trabalhámos muito na afinação – uma moto era melhor do que a outra numa área e uma mota era melhor do que a outra noutra área. Por isso, precisávamos de combinar as duas coisas e precisamos de experimentar esta combinação em Jerez. No geral, estou satisfeito – ficámos um pouco no meio dos pilotos de fábrica.”

 “Não vou ter partes novas nas primeira quatro corridas”.

Bradley Smith

“Foi muito bom em termos de experiência com a moto e no meu conhecimento sobre a afinação, electrónica, como estou a trabalhar com a minha equipa, como eles vão trabalhar comigo, compreendermo-nos uns aos outros e perceber as alterações que vamos precisar de fazer. Durante o teste foi muito fácil ter tempo para fazer alterações, mas durante os fins-de-semana de corrida as sessões têm apenas 45 minutos, por isso concentramo-nos muito no estilo de pilotagem que tenho e que alterações eles têm de fazer para resolver cada um dos problemas”.

“Penso que em Jerez vou melhorar, vamos tentar perceber melhor sobre como conseguir o melhor potencial dos novos pneus, porque agora consigo fazer o mesmo tempo com os pneus novos e os antigos. Por isso, vamos focarmo-nos mais nos novos pneus e no potencial dos slicks da Bridgestone”.

TAGS 2013

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™