Duas quedas, mas quarto da grelha para Crutchlow

Two crashes but fourth place for Crutchlow
Sábado, 4 Maio 2013

Um dia atribulado acabou por terminar com o quarto posto da grelha para Cal Crutchlow para a corrida de domingo do Grande Prémio bwin de Espanha.

 

Antes da qualificação ter começado em Jerez já o britânico tinha sofrido queda na última sessão de livres. Depois voltou a sofrer um acidente a alta velocidade na curva Jorge Lorenzo que antecede a recta da meta. Depois de ir parar à gravilha, o piloto da Monster Yamaha Tech 3 voltou ao trabalho para se qualificar em quarto.
 
Visto das câmaras OnBoard a colocar a mão no lado esquerdo das costas assim que a qualificação terminou, Crutchlow foi depois levado para a Clínica Móvel onde os raios-x às zonas pélvica e lombar afastaram a existência de qualquer lesão. O piloto foi depois alvo de ultra-som ao rim esquerdo por causa das dores de que se queixava, mas também foi declarado como apto, apesar de ter de fazer mais um ultra-som esta noite.
 
“Foi um dia difícil por razões óbvias,” disse três horas e meia depois de terminada a qualificação.
 
“As duas quedas foram muito grandes, mas a segunda foi particularmente dura porque ia muito depressa. No primeiro acidente a temperatura estava muito diferente da manhã e fui apanhado de surpresa, foi erro meu. No segundo incidente algumas pessoas pensaram que era alguma coisa na pista, mas não creio que tenha sido esse o caso. Cometi um erro na travagem, em vez de ir em frente a manete do travão ficou bloqueada na minha mão.”
 
“Foi uma queda mesmo grande e estou orgulhoso por ter voltado à box para depois regressar à pista e ser mais rápido. Parece que em condições mais quentes isso é complicado, mas não o único a sentir isso. Estou desejoso pela corrida e vamos fazer algumas alterações na moto para tentar melhorar as sensações com a frente nestas condições quentes.”
 
“Parece que estão todos a ter dificuldades e não é meu género sofrer duas quedas no mesmo dia. Estou um pouco dorido, mas isso não me vai impedir de dar os 100% na corrida de amanhã.”
 
No ano passado em Jerez Crutchlow apresentou impressionante prestação para terminar em quarto depois de lutar com Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, até à linha de meta.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™