Bradl conquista primeira pole da carreira em Laguna Seca

bradl qualifying laguna motogp
Sábado, 20 Julho 2013

O germânico Stefan Bradl assinou a primeira pole position da carreira de MotoGP™ este sábado no Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos. O piloto da LCR Honda MotoGP vai contar com a companhia de Marc Márquez, da Repsol Honda Team, e de Álvaro Bautista, da GO&FUN Honda Gresini, na primeira linha da grelha. Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa partem de sexto e sétimo, respectivamente.

 

Foi graças a um tempo de 1m21,176s que Bradl se tornou no primeiro germânico a conquistar a pole position na categoria rainha do Campeonato do Mundo. Ele não só é o segundo piloto a estrear-se na pole esta época, como se tornou no primeiro piloto de sempre a terminar no topo da qualificação em Laguna Seca com uma moto satélite.
 
Márquez – cujo ataque terminou com queda na Curva 6 a quatro minutos do final da sessão – ficou a 0,017s da frente naquele que é o seu primeiro fim-de-semana no circuito californiano, isto depois de ter sido o mais lesto nos livres. Já Bautista ao Top 3 da grelha pela primeira vez desde Silverstone, no ano passado. A segunda linha é liderada por Valentino Rossi (Yamaha Factory Racing), seguido de Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3), que iniciou o trabalho tarde na Q2 e com a segunda moto depois de ter sofrido queda na Curva 3 durante o último livre.
 
O companheiro de equipa de Rossi, Lorenzo, ainda está lesionado e com muitas dores na clavícula esquerda após a queda que o deixou de fora no GP da Alemanha, mesmo assim garantiu o sexto posto da grelha. Dani Pedrosa (Repsol Honda Team) também não rodou em Sachsenring, assim como nas primeira e terceira sessões de livres em Laguna. O anterior líder da classificação, também com lesão na clavícula esquerda, estreou-se na Q1 e depois progrediu para a Q2 para liderar a terceira linha da grelha seguido de Andrea Dovizioso (Ducati Team), que superou Bradley Smith (Tech 3) já nos últimos momentos da Q2.
 
Os americanos Nicky Hayden (Ducati) e Colin Edwards (NGM Mobile Forward Racing) partem de 10º e 15º, respectivamente, enquanto o compatriota e wildcard Blake Young teve de desistir do evento depois de danificar o quadro da sua única moto da Attack Performance Racing APR numa queda na sexta-feira. Quem também caiu foi Randy de Puniet. O gaulês, que se estreou na Q2, foi ao chão na Curva 3. Ele vai partir de 12º, à frente do companheiro de equipa Aleix Espargaró, o melhor piloto CRT pela nona vez este ano.
 
No 14º posto estará Alex de Angelis. O piloto de Moto2™ da Ignite Pramac Racing está a fazer um regresso pontual à categoria rainha para rodar no lugar do lesionado Andrea Iannone (Energy T.I. Pramac Racing). Outro piloto a cair foi Karel Abraham (Cardion AB Motoracing); o checo terminou com o 19º tempo depois de perder o controlo da moto na Curva 10, na Q1. Ausente por ter deslocado o ombro na Alemanha está Alex de Angelis (Pramac).
 
A corrida de domingo do Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos tem início pelas 14 horas locais (GMT -7), com a bandeira de xadrez a marcar não só o final da corrida, mas também da primeira metade da temporada.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™