Os números do AirAsia Grande Prémio do Japão

Quinta, 24 Outubro 2013

Dani Pedrosa totaliza agora 2.000 pontos no MotoGP™, enquanto Bradley Smith pode tornar-se no britânico com maior total de pontos na época de estreia na categoria rainha. É tudo uma questão de números antes do AirAsia Grande Prémio do Japão...

 

3.192 - O total de pontos somado por Dani Pedrosa ao longo da carreira de Grandes Prémios. Apenas dois outros pilotos contam com mais pontos somados que Pedrosa: Valentino Rossi (4.775 pontos) e Loris Capirossi (3.215). Uma vitória no Japão fará de Pedrosa o segundo classificado na tabela de total de pontos de todos os tempos.
 
2.000 - Com o segundo posto conquistado no Grande Prémio da Austrália, Dani Pedrosa conta agora com 2.000 pontos na classe de MotoGP™. Apenas três pilotos somam mais pontos na categoria rainha: Valentino Rossi (3.833), Mick Doohan (2.298) e Alex Barros (2.079).
 
110 - A vitória de Jorge Lorenzo na Austrália foi o seu 110º pódio em Grandes Prémios. Trata-se de apenas menos um pódio que o total conseguido por Max Biaggi ao longo de toda a carreira do italiano nos Grandes Prémios. Apenas seis pilotos contam com mais pódios que Biaggi e Lorenzo: Valentino Rossi (183 pódios), Giacomo Agostini (159), Angel Nieto (139), Dani Pedrosa (123), Phil Read (121) e Mike Hailwood (112).
 
99 - Bradley Smith tem um total de 99 pontos a duas corridas do final da época de 2013. Ele necessita de somar apenas mais sete para se tornar no britânico com maior número de pontos na época de estreia no MotoGP™; actualmente o recorde é detido por James Toseland, que totalizou 105 pontos em 2008.
 
33 - Marc Márquez tem de somar 33 pontos nas últimas corridas da época para garantir a conquista do ceptro de MotoGP™ no caso do rival mais próximo, Jorge Lorenzo, triunfar nas provas do Japão e de Valência.
 
32 - Hiroshi Aoyama celebra o 32º aniversário no primeiro dia dos treinos do Grande Prémio de Motegi, prova em que corre em casa.
 
31 - O sexto lugar de Dominique Aegerter no Grande Prémio da Austrália foi a 31ª corrida em que terminou nos pontos. A última prova em que ficou a zeros foi quando terminou em 18º na primeira jornada do ano passado no Qatar. O único piloto em 65 anos de história do Campeonato do Mundo que conta com sequência mais longa de corridas terminadas nos pontos na categoria intermédia é Luca Cadalora, com 34 provas consecutivas a pontuar nas 250cc ao longo das épocas de 1990 a 92.
 
25 - Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa terminaram nas primeira e segunda posições da classe de MotoGP™ em 25 ocasiões. Em 12 delas Pedrosa venceu, enquanto Lorenzo triunfou em 13.
 
23 - Danilo Petrucci celebra o 23º aniversário no dia antes do arranque dos treinos do Grande Prémio do Japão.
 
19 - Os pilotos KTM venceram as últimas 19 corridas de Moto3™. Isto iguala a mais longa sequência de triunfos nas 125cc/Moto3™ por parte de um construtor; a marca foi atingida pela primeira vez pela Honda nas épocas de 1990/91.
 
14 - Os pilotos espanhóis venceram as últimas 14 corridas nas três categorias. Trata-se de apenas menos uma vitória que o actual recorde de mais longa sequência de vitórias em GPs por parte de uma nação; uma marca conseguida também pelos pilotos espanhóis em 2010. A última vez que um GP foi ganho por um piloto não espanhol foi em Silverstone, na corrida de Moto2™, em que o triunfo ficou a cargo de Scott Redding.
TAGS Japan

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™