Khairuddin antes da corrida de Sepang: "Espero estar a 100%"

Terça, 8 Outubro 2013

 

O primeiro pódio no ano passado na Malásia, a luta pelo título de Moto3™,  o futuro e muito mais, numa entrevista exclusiva com o disponível piloto da Red Bull KTM Ajo.

 

 

Zulfahmi Khairuddin regressa este fim-de-semana ao seu circuito caseiro, Sepang, com os fans a aguardarem com expectativa a sua prestação, apesar da complicada temporada que está a ter. O simpático piloto da Malásia, recentemente operado em Barcelona, espera estar a 100% na corrida mais importante do ano.

 

“Regressar à Malásia é sempre emocionante, cada ano aumenta o número de fans do MotoGP™ e isso faz-me muito feliz. Para ser sincero, regressar a casa significa também ter de estar presente em dezenas de eventos, mas sei que isso faz parte do meu trabalho e gosto de ir”.

 

Ainda sem um grande resultado em 2013, Khairuddin espera que Sepang, onde no ano passado conseguiu o seu primeiro pódio, represente um ponto de viragem. “Foi fantástico ter conseguido aqui o meu primeiro pódio. O fim-de-semana foi perfeito, desde o primeiro treino até à qualificação. Na corrida senti-me muito bem, podia ter ganho, mas cometi um pequeno erro no final e o Cortese acabou por vencer. De qualquer forma, as recordações desse fim-de-semana nunca serão apagadas”.

 

“Depois do bom final de temporada no ano passado, muitos perguntam porque é que este ano não estou entre os melhores de cada domingo”, referiu Khairuddin. “A resposta é simples, o nível da categoria subiu muitíssimo e tive problemas em adaptar-me à mota este ano. Sei que podemos estar mais confiantes e penso que encontramos algumas soluções para os meus problemas, agora tenho de concentrar-me em ser rápido e somar o máximo de pontos possível”.

 

O piloto da Red Bull Ajo Motorsport, equipa onde irá continuar na próxima temporada, antecipou ainda o desfecho do Campeonato de Moto3, quando faltam disputar quatro provas: “Estou convencido que o Salom irá conseguir fazer melhor do que nas últimas corridas, não irá precisar da minha ajuda, estou certo disso. Se continuar calmo e concentrado conseguirá ganhar o título. E se tivesse de disputar com ele a vitória em Sepang, como aconteceu no ano passado com o Cortese? Não pensaria duas vezes, lutaria ao máximo pelos 25 pontos”.

 

Khairuddin ocupa a décima posição na classificação geral do Mundial de Moto3 com 60 pontos, mais um dos que o seu companheiro de equipa Arthur Sissis.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™