Lorenzo regressa a Assen com esperanças de correr

lorenzo latest on friday
Sexta, 28 Junho 2013

Depois de ter sido operado à fractura na clavícula em Barcelona durante a madrugada desta sexta-feira, Jorge Lorenzo regressou a Assen e planeia levar a cabo exame médico na manhã de sábado com a esperança de alinhar na corrida.

O já de si dramático fim-de-semana sofreu nova reviravolta quando o piloto da Yamaha Factory Racing regressou ao histórico traçado na tarde de sexta-feira. O Campeão do Mundo, que fracturou a clavícula esquerda em forte queda na tarde de quinta-feira, recebeu luz verde da equipa médica esta manhã para voar. Ele embarcou de imediato num jacto privado fretado para voar de Barcelona até ao aeroporto de Groningen, onde aterrou às 17 horas locais, 16 em Lisboa.

O maiorquino, muito apostado em correr na sétima jornada da época, vai ao Centro Médico às 8 horas manhã de sábado para ser avaliado.
 
“A clavícula estava partida em três sítios,” explicou o Director Desportivo da Yamaha Factory Racing, Wilco Zeelenberg, ao motogp.com. “Eles fizeram um trabalho fantástico em Barcelona. A clavícula está muito estável, o que significa que ele pode mexer-se sem, na verdade, mover a clavícula, o que é bom, mas ele está muito cansado de momento. Ele não demorou a tomar a decisão (de voltar). Uma clavícula é uma clavícula – não é um joelho, ou um cotovelo, ou um pulso, que são muito mais importantes para andar de moto.”
 
Quando questionado se há receios de que Lorenzo se lesione mais, Zeelenberg respondeu:
 
“Sim, é claro que termos de avaliar isto com muito cuidado, mas estes pilotos arriscam muito em cada corrida – mesmo para ganhar como em Mugello e Barcelona é preciso muito risco. Arriscar um pouco menos amanhã e terminar a corrida talvez não seja um grande risco para ele... se cair amanhã, ou dentro das próximas duas semanas o resultado será o mesmo – um drama – mas será assim o resto da época porque a placa vai ficar colocada (na clavícula) por um ano.”

 

Caso seja declarado apto para correr, Lorenzo partirá da 12ª posição da grelha. Apesar de não ter estabelecido tempo na Q2, ele entrou oficial na qualificação reservada à luta pela pole position, cortesia do melhor tempo conseguido na primeira sessão de treinos; a marca do espanhol acabou por não ser batida em FP2 e FP3, ambas disputadas sob más condições climatéricas.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™