Lorenzo conquista dramática pole em Phillip Island

lorenzo qualifying australia motogp
Sábado, 19 Outubro 2013

Jorge Lorenzo garantiu a pole position para o Tissot Grande Prémio da Austrália, batendo Marc Márquez e Valentino Rossi numa muito dramática sessão de qualificação em Phillip Island.

 

Com apenas três rondas por disputar nesta época de 2013 do MotoGP™ e com Márquez a poder fazer história com a conquista do ceptro da categoria rainha, a sessão de qualificação em Phillip Island revelou-se uma das mais acidentadas do ano.
 
No final, Lorenzo acabou por conquistar a terceira pole da campanha – a primeira desde Jerez, em Maio – graças a um registo de 1m27,899s, mas só aconteceu depois da moto do Campeão do Mundo da Yamaha Factory Racing bater numa gaivota. A margem na frente foi de dois décimos de segundo sobre Márquez, que pode garantir a conquista do ceptro no domingo se terminar a corrida com uma vantagem de pelo menos 51 pontos. Entretanto, o estreante de 20 anos assegurou uma margem de pontos suficiente para levar de vencida, à primeira tentativa, o Prémio BMW M.
 
Em terceiro lugar vai partir Rossi – que só por três vezes na carreira não logrou terminar no pódio em Phillip Island. Esta é a segunda vez consecutiva que Rossi parte da primeira linha da grelha, tendo batido Álvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini), que terminou com a quarta marca, mas fez incursão por fora da pista no final da qualificação. Em quinto da grelha está o vencedor de Sepang Dani Pedrosa (Repsol Honda Team) – o único piloto além de Márquez e Lorenzo com possibilidade matemática de arrebatar o ceptro. Ao lado do espanhol e a fechar a segunda linha está Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech3). Na terceira linha vão estar Bradley Smith (Tech3) e a dupla da Ducati Team, Nicky Hayden e Andrea Dovizioso.
 
O décimo posto da grelha ficou a cargo de Andrea Iannone (Energy T.I. Pramac Racing), que entrou para a Q2 depois de passar pela Q1, tal como Dovizioso. Foi no final da Q1, que Iannone se envolveu num desentendimento em pista com Aleix Espargaró (Power Electronics Aspar), que falhou a passagem à Q2 apenas pela quarta vez em 2013. Entretanto, Colin Edwards marcou o ritmo das CRT ao qualificar-se em 11º com a máquina da NGM Mobile Forward Racing, uma posição à frente de Randy de Puniet, enquanto o colega de equipa do gaulês, Espargaró, vai partir de 13º; ambos De Puniet e Edwards sofreram incidentes na Q2.
 
Stefan Bradl, da LCR Honda MotoGP, não alinhou em mais nenhuma sessão neste fim-de-semana desde que tentou rodar no primeiro treino com o tornozelo direito fracturado em resultado de queda em Sepang na semana passada; o germânico espera volta à acção no próximo fim-de-semana em Motegi. O australiano Bryan Staring vai partir para a corrida em casa da 21 posição com a CRT da Gresini, com o compatriota Damian Cudlin a qualificar-se em 23º para a PBM no dia do seu 31º aniversário.
 
O Tissot Grande Prémio da Austrália de domingo tem o início marcado para as 16 horas locais (GMT +11) de domingo.
TAGS Australia

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™