Márquez bate Pedrosa e Lorenzo em Brno

marquez brno race motogp
Domingo, 25 Agosto 2013

Marc Márquez fez história no MotoGP™ ao vencer este o bwin Grande Prémio da República Checa deste domingo para se tornar no primeiro estreante a reclamar cinco triunfos na época de estreia. Desta feita o piloto da Repsol Honda Team levou a melhor após renhida luta com o companheiro de equipa Dani Pedrosa e Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing.

 

Depois do warm-up matinal sob céu nublado, os pilotos esperavam um Grande Prémio molhado na tarde de domingo. Apesar da chuva se ter chegado a fazer sentir, levando à apresentação das bandeiras brancas na 14ª volta, o tempo não sofreu grandes alterações. Na frente da grelha, Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech3) partiu da pole pela segunda vez este ano.
 
Márquez rodou com uma misto de paciência, agressividade e também à defesa. O piloto de 20 anos ficou aborrecido na qualificação, mas rodou um segundo atrás de Lorenzo após a fantástica partida do Campeão do Mundo. A dupla trocou de lugares por várias vezes, com a última ultrapassagem a surgir na Curva 3, a menos de quatro voltas do final. Pedrosa também se desenvencilhou de Lorenzo, mas nas duas últimas voltas o vencedor do ano passado em Brno já não teve tempo para bater o companheiro de equipa, que terminou com três décimos de vantagem.
 
Em quarto ficou o companheiro de equipa de Lorenzo, Valentino Rossi, que acabou por levar a melhor no duelo que durou toda a corrida com Álvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini), enquanto Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) fez prova tranquila rumo a mais um sexto posto. O germânico levou a melhor sobre a dupla da Ducati Team, Andrea Dovizioso e Nicky Hayden, que voltou a disputar grande duelo. O Top 10 contou ainda com Andrea Iannone (Energy T.I. Pramac Racing) e Aleix Espargaró (Power Electronics Aspar), que terminou com um segundo de vantagem sobre o rival das CRT Colin Edwards (NGM Mobile Forward Racing), estou último a partir melhor posicionado da grelha.
 
Na segunda volta a colisão entre Héctor Barberá (Avintia Blusens) e Claudio Corti (NGM Mobile Forward Racing) levou ao abandono dos dois pilotos, com o italiano a ser depois submetido a raios-x à mão direita, ficando depois a passar a noite no hospital devido a uma contusão. As outras duas desistências foram do piloto da casa Lukas Pesek (Came IodaRacing Project) e de Bradley Smith (Tech3), ambos a ficarem fora de acção à terceira volta. Frustração também para o homem da pole; Crutchlow caiu quando rodava em quarto, na 8ª volta, enquanto Karel Abraham (Cardion AB Motoracing) não conseguiu pontuar em casa. O wildcard Martin Bauer (Remus Racing Team) conseguiu terminar a corrida.
 
Segue-se no próximo fim-de-semana o Hertz Grande Prémio de Inglaterra, última ronda de uma sequência de três provas consecutivas. Márquez lidera com 213 pontos, mais 26 que Pedrosa e mais 44 que Lorenzo.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™