Márquez imparável vence em Indianápolis

marquez indianapolis race motogp
Domingo, 18 Agosto 2013

Marc Márquez dominou por completo o fim-de-semana ao vencer o Red Bull Grande Prémio de Indianápolis, à frente de Dani Pedrosa naquela que foi a terceira dobradinha da Repsol Honda Team nesta época. Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, completou o pódio com Valentino Rossi a levar a melhor sobre Cal Crutchlow e Álvaro Bautista na luta pelo quarto posto.

 

A vitória de Márquez garantiu ao espanhol o domínio completo do fim-de-semana depois de ter liderado todas as sessões – algo que não acontecia desde que Casey Stoner dominou também por completo o Grande Prémio da Austrália no ano passado. O terceiro triunfo consecutivo de Márquez na categoria rainha confirma o sucesso do piloto em todas as corridas disputadas nos Estados Unidos depois de ter ganho no Texas e em Laguna Seca.
 
Vindo da pole, mais uma fraca partida viu o estreante de 20 anos cair para trás de Lorenzo e do companheiro de equipa Pedrosa. Ele acabou por passar os dois nas nona e 13ª voltas, respectivamente, e – com os rivais a continuarem a ressentir-se das lesões na clavícula – acabou por cruzar a meta com quase três segundos de vantagem.
 
Pedrosa parecia que ia terminar a corrida de 27 voltas em 3º, mas surpreendeu Lorenzo ao tirar partido do cone de ar para o passar na penúltima volta. Para Pedrosa e Lorenzo este foi o primeiro pódio desde o Grande Prémio da Catalunha, em Barcelona, há dois meses. O quarto posto foi para o companheiro de equipa de Lorenzo, Rossi, que veio de nono grelha e só na última volta conseguiu levar a melhor sobre Crutchlow (Monster Yamaha Tech3) e Bautista (GO&FUN Honda Gresini), que levaram a cabo animada luta durante toda a corrida. Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) foi sétimo.
 
A fechar a lista dos dez primeiros ficaram o companheiro de equipa de Crutchlow, Bradley Smith, e a dupla da Ducati Team, Nicky Hayden e Andrea Dovizioso; o estreante inglês (que na primeira volta chegou a rodar em quarto graças a soberba partida) passou os dois pilotos Ducati mesmo no final da corrida depois de Hayden ter empurrado Dovizioso para fora da pista na última curva. Foi quase uma cópia a papel químico do incidente da última curva de Assen do qual Smith também beneficiou.
 
Quatro pilotos não terminaram a corrida: o wildcard Blake Young (Attack Performance Racing) sofreu queda na primeira volta, enquanto Randy de Puniet (Power Electronics Aspar), Lukas Pesek (Came IodaRacing Project) e Yonny Hernandez (PBM) tiveram problemas. Incapazes de correr estiveram Ben Spies (Pramac Racing), que arruinou o regresso à acção ao deslocar o ombro após queda na sexta-feira, e Karel Abraham (Cardion AB Motoracing), que se lesionou no pé e ombro no primeiro dia.
 
Márquez vai para o Grande Prémio da República Checa da próxima semana em Brno com 188 pontos, mais 21 que o companheiro de equipa Pedrosa. O Campeão do Mundo Lorenzo é terceiro (153) a 35 pontos da frente.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™