Márquez vence na Alemanha e assume liderança do Campeonato

marquez race motogp sachsenring
Domingo, 14 Julho 2013

Marc Márquez venceu o eni Motorrad Grande Prémio da Alemanha, o segundo triunfo e sétimo pódio do estreante de MotoGP™ em oito corridas. Na ausência de Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa, o pódio voltou a ser constituído pelos mesmo nomes de Assen, com Cal Crutchlow e Valentino Rossi nas segunda e terceira posições, respectivamente.

 

Sachsenring proporcionou mais um emocionante fim-de-semana, principalmente com vários pilotos a sofrerem quedas ao longo dos três dias. Crutchlow foi um deles, indo para a corrida com lesões nos braços, mãos e perna esquerda, mas os fortes impactos sofridos pelo Campeão do Mundo Jorge Lorenzo e pelo então líder da geral Dani Pedrosa deixaram-nos fora de acção; o piloto da Yamaha Factory Racing danificou a placa de titânio no ombro esquerdo, enquanto o homem da Repsol Honda Team sofreu pequena fractura também na clavícula esquerda.
 
Com os dois maiores rivais fora de acção, Márquez – pela terceira vez esta época na pole – sabia que uma segunda vitória lhe permitiria ganhar vantagem na corrida ao ceptro. Uma fraca partida por parte do estreante de 20 anos viu-o cair para quarto, mas superou cada um dos opositores e destronou Stefan Bradl da liderança na sexta volta. Assim que Crutchlow chegou a segundo o espanhol conseguiu uma vantagem e triunfou com 1,5 segundos de margem.
 
O britânico começou a corrida da segunda posição, lutando contra as dores das lesões após os dois grandes acidentes que sofreu na sexta-feira; mesmo assim, o piloto da Monster Yamaha Tech 3 despachou Álvaro Bautista e Bradl e depois roubou o segundo posto a Valentino Rossi com forte manobra na Sachsen Kurve, tudo isto depois de má partida. Ele depois tratou de ir atrás da primeira vitórias, mas Márquez poupou os pneus e conseguiu gerir a vantagem de forma tranquila. No final das 30 voltas Crutchlow logrou, ainda assim, tornar-se no primeiro britânico desde Barry Sheene, em 1982, a somar quatro pódios numa temporada.
 
Depois de ter regressado às vitórias em Assen há duas semanas, Rossi reclamou agora o segundo pódio consecutivo. Vindo da primeira linha da grelha pela primeira vez desde o Grande Prémio de Portugal de 2010, o piloto da Yamaha Factory Racing saltou para a liderança assim que as luzes se apagaram. Ele depois lutou com o herói da casa Bradl, mas acabou por ser superado por Márquez na quinta volta. Três voltas volvidas, Rossi passou o alemão para ascender a segundo, mas depois perdeu uma posição para Crutchlow.
 
O quarto de lugar de Bradl (LCR Honda MotoGP) pode significar que perdeu o pódio, mas o germânico voltou a igualar o melhor resultado da carreira. Álvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini) completou a lista dos cinco primeiros vindo do oitavo posto da grelha, enquanto Bradley Smith (Tech 3) fez com que fossem dois os ingleses a terminarem no Top 6, uma estreia em duas décadas. Aleix Espargaró (Power Electronics Aspar) chegou a rodar com a CRT em terceiro, mas terminou em sétimo.
 
Mais atrás na ordem, os últimos pontos foram para Colin Edwards (NGM Mobile Forward Racing, 13º), Danilo Petruci (Came IodaRacing Project, 14º) e Claudio Corti (NGM Mobile Forward Racing, 15º). Dois pilotos acabaram por não terminar a corrida devido a quedas: Yonny Hernandez (PBM) e Bryan Staring (Gresini).
 
A nona das 18 jornadas do Campeonato, o Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos, tem lugar no próximo fim-de-semana na Mazda Raceway Laguna Seca, com Márquez na liderança da classificação com mais dois pontos que Pedrosa e 11 que Lorenzo.
TAGS Germany

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™