MotoGP™ pela primeira vez em Austin

Terça, 12 Março 2013

 Com alguns pilotos do MotoGP™ a rodarem pela primeira vez no Circuito das Américas, em Austin, no Texas, coube ao piloto da Repsol Honda Team Marc Márquez assinar a volta mais rápida da manhã.

 No teste privado de dois dias que conta apenas com a participação da Repsol Honda Team, LCR Honda MotoGP e Yamaha Factory Racing, o rookie Márquez continuou a impressionar, marcando 2m08,651s após 12 voltas ao circuito, mais de um segundo mais rápido do que o tempo registado por Jorge Lorenzo, que conseguiu rodar em 2m09,817s na sua Yamaha M1.

 O seu companheiro de equipa Valentino Rossi foi o que cumpriu mais voltas antes do almoço (17 voltas), conseguindo o terceiro melhor tempo com 2m10,580s, à frente do piloto da Repsol Dani Pedrosa, com 2m11,445s e de Stefan Bradl, da LCR. Bradl apenas rodou seis voltas e não conseguiu melhor do que um tempo de 2m14,705s.

 Márquez falou com o motogp.com durante a pausa para almoço na pista do Texas: “Agora estou a andar passo a passo. Ainda estamos a conhecer a pista. É bastante difícil, principalmente a primeira parte e a aderência no início não era muito boa e a moto estava a fugir muito. Mas, está a melhorar e agora estamos bastante bem. Mas, precisamos melhorar muito com a afinação e especialmente a parte eletrónica, mas estamos a trabalhar bem”.

 “Uma das caracteristicas do circuito é que tem muitos pontos de travagem e isso torna as coisas difíceis para encontrar o melhor compromisso para a afinação. A parte mais complicada da pista é a primeira parte, onde temos uma zona de esquerda-direita-esquerda-direita. Para o piloto é muito é difícil encontrar a melhor trajectória e a melhor forma de ser rápido sem correr riscos. A última parte da pista tem três curvas à direita consecutivas, onde é também difícil encontrar a melhor trajectória”.

 As equipas não estão a dar muita importância aos tempos, já que os pilotos ainda estão a conhecer o circuito, a terceira maior pista do calendário do MotoGP™. Este teste está também a ser aproveitado pela Bridgestone para experimentar qual o componente mais indicado para esta pista. As primeiras informações apontam para um pneu de design simétrico apropriado para piso abrasivo.

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™