Redding VS Espargaró continua em Indy

Moto2™ oferecido por
Segunda, 12 Agosto 2013

Desde a última corrida, os candidatos ao ceptro Scott Redding e Pol Espargaró confirmaram que vão passar para a categoria rainha em 2014. Uma questão continua por responder: qual deles vai para o MotoGP™ como Campeão do Mundo de Moto2™?

 

Apesar das rondas que se seguiram terem dado uma ideia diferente, foi a jornada de abertura no Qatar que nos deu as pistas necessárias, com Espargaró e Redding a lutarem taco a taco sob as luzes artificiais de Losail antes do espanhol se impor. Quatro meses e oito corridas depois, é o inglês (Marc VDS Racing Team) quem leva uma vantagem de 23 pontos sobre o rival (Tuenti HP 40) numa altura em que a luta começa a aquecer...
 
No que toca a pole positions, Espargaró leva vantagem com três contra duas de Redding. Em termos de vitórias a história é a mesma. O catalão também leva vantagem no que toca a voltas mais rápidas em corrida, com duas contra apenas uma de Redding. Então por que é que é Redding quem soma mais pontos? Tudo se resume à consistência do britânico, com cinco pódios em oito corridas e uma média de resultados no terceiro lugar, contra a média de oitavo de Espargaró, o que demonstra bem o quão caro saiu perder pontos pontos em duas das corridas já disputadas este ano.
 
No que toca ao futuro, Espargaró foi o primeiro a revelar publicamente que vai para o MotoGP™ na próxima época, ocupando o muito desejado lugar na Monster Yamaha Tech3 ao lado de Bradley Smith, já que Cal Crutchlow vai para a Ducati Team. A confirmação da passagem de Redding para a categoria rainha também já foi conhecida, mas continua por se saber aos comandos de que montada. Ainda assim, os anúncios confirmam que a dupla vai voltar a partilhar circuitos em 2014, muito provavelmente como Campeão do Mundo e Vice da categoria rainha. Resta saber qual deles se vai poder gabar de ser o melhor...
 
Mais atrás na tabela de pontos as coisas também estão interessantes, com apenas sete pontos a separar o terceiro e o quinto classificados, posições ocupadas por Tito Rabat (Tuenti HP 40), Dominique Aegerter (Technomag carXpert) e Mika Kallio (Marc VDS Racing Team). Todos eles já tiveram os seus azares este ano. Um pouco mais abaixo estão dois vencedores de corridas neste ano, os companheiros de equipa na Aspar Team Moto2, Nico Terol e Jordi Torres, cada um com 58 pontos.
 
Como é que qualquer uma destas batalhas vai estar no início de Setembro é outra história, com apenas três corridas – Indianápolis, Brno e Silverstone – em igual número de semanas a garantirem um início de segunda metade da época muito atarefado. Quem vai marcar presença na ronda americana como wildcard é o piloto da casa James Rispoli com a GP Tech, enquanto o tailandês Thitipong Worokorn foi chamado para ocupar o lugar de Ratthapark Wilairot na Honda Gresini Moto2, que vai, ele próprio, treinar o compatriota depois de ter decidido deixar os Grandes Prémios.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™