Rabat chega a França como líder da Moto2™

Moto2™ oferecido por
Segunda, 13 Maio 2013

Provavelmente não era o piloto que se esperava encontrar na frente da classificação, mas Esteve Rabat tem sido o mais consistente até ao momento. Em Le Mans muitos esperam ver resposta de Redding, Espargaró e dos pilotos que rodam em casa.

 

O Grande Prémio Monster Energy de França, em Le Mans, é o palco do próximo embate da Moto2™, com Esteve Rabat (Tuenti HP 40) e Scott Redding (Marc VDS Racing Team) em luta renhida pela primeira posição do Campeonato.
 
Rabat, que assinou a primeira vitória mundialista na semana passada, aspira a continuar o bom momento de forma, mas não deverá ser fácil livrar-se da pressão de Redding, a um só ponto de distância e cada vez mais visto como um dos favoritos da época... isto apesar de ser o único dos quatro primeiros que ainda não subiu ao mais alto do pódio. Na terceira posição e a nova pontos do companheiro de equipa, Pol Espargaró (Tuenti HP 40) vai tentar repetir a boa forma que lhe permitiu assumir a liderança no arranque do ano no Qatar, apesar de não ter gostado do novo pneu frontal que lhe foi entregue em Jerez.
 
Quem também deverá dar o máximo é Nico Terol (Mapfre Aspar Team Moto2), que tentará a segunda vitória da época com a Suter e, ao mesmo tempo, não perder de vista o rival mais próximo. O valenciano conta com apenas quatro pontos de margem sobre o suíço Dominique Aegerter (Technomag carXpert), protagonista até agora de uma campanha silenciosa, mas eficaz e na qual já por duas vezes ficou às portas do pódio. O sexto classificado é o nipónico Takaaki Nakagami (Italtrans Racing Team) que espera poder exibir em corrida o forte ritmo que impõe nos treinos.
 
O companheiro de equipa de Redding, Mika Kallio, ocupa o sétimo posto da geral e completa o reduzido grupo de seis pilotos que já lograram uma posição no pódio este ano. Xavier Simeón (Desguaces La Torre SAG Maptaq), Johann Zarco (Came IodaRacing Project) e Jordi Torres (Mapfre Aspar Team Moto2) são, sem dúvida, vistos como aspirantes aos dez primeiros, enquanto Louis Rossi (Tech 3 Racing) esperará recuperar alguma da magia que o ajudou a ganhar a corrida de Moto3™ do ano passado na sua terra natal.
 
Gino Rea regressa à competição como wild card com a sua própria formação, a Gino Rea Race Team, e aos comandos de uma FTR; o outro wild card da jornada será o malaio Hafizh Syahrin, que se fez nota no ano passado no GP da Malásia e que agora vai correr pela Petronas Raceline Malasia.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™