Crutchlow estreia-se na pole

motogp crutchlow qualifying assen
Sexta, 28 Junho 2013

O britânico Cal Crutchlow vai, pela primeira vez na carreira, partir da primeira posição da grelha de partida. O piloto da Monster Yamaha Tech 3 larga para o Iveco TT Assen à frente de Marc Márquez, da Repsol Honda Team, e de Stefan Bradl, da LCR Honda MotoGP. O Campeão do Mundo Jorge Lorenzo falhou a qualificação após o acidente de ontem.

A muito dramática qualificação terminou com vários pilotos a passarem pela pole position provisória para serem despromovidos pelos rivais momentos depois. A chuva fez sentir ao início do dia, mas não afectou a luta pelas melhores posições da grelha de partida.

Valentino Rossi, da Yamaha Factory Racing, Bradl e Márquez passaram todos pela primeira posição antes de Crutchlow garantir a pole com uma marca de 1m34,398s e, com isso, tornar-se no primeiro britânico na pole desde Jeremy McWilliams em Phillip Island, em 2002. Atrás dele, Márquez qualificou-se no Top 3 pela primeira vez desde Le Mans e o Campeão do Moto2™ de 2011, Bradl, estreou-se na primeira linha da categoria rainha.
 
Dani Pedrosa, da Honda, parecia estar prestes a garantir a terceira pole consecutiva, mas caiu na De Bult a seis minutos e meio do final e acabou por ter de se contentar com a quinta posição.
 
Rossi qualificou-se em quarto, a sua melhor qualificação este ano, enquanto Bradley Smith (Tech 3) vai partir atrás de Pedrosa, em sexto – a sua melhor qualificação até ao momento. A terceira linha será composta por Aleix Espargaró (Power Electronics Aspar), que ao garantir o sétimo posto da grelha aumentou a fasquia da melhor qualificação de sempre de uma CRT. O seu companheiro de equipa Randy de Puniet também teve dia positivo; depois de ter sido o mais lesto na Q1 o gaulês garantiu a nona posição da grelha.
 
A Q1 também foi repleta de surpresas. Andrea Iannone (Energy T.I. Pramac Racing) caiu quando lutava por uma posição entre os dois primeiros, o que o deixou no 13º posto da grelha. Dois furos atrás parte Andrea Dovizioso (Ducati Team), que não conseguiu melhor que a 15ª posição, a sua pior qualificação desde que entrou para a categoria rainha em 2008. A grelha foi completada por Ivan Silva, que está de volta ao MotoGP para substituir o lesionado Hiroshi Aoyama na Avintia Blusens depois do nipónico se ter lesionado na última jornada, em Barcelona.
 
Após a sessão Dovizioso e Hector Barberá, da Avintia Blusens, viram ser-lhes atribuídos pontos de penalização pela Direcção de Corrida. Foi considerado que este último bloqueou deliberadamente o primeiro durante a Q1, mas o piloto da Ducati também recebeu um ponto de penalização por ter dado um pontapé ao rival – “uma acção prejudicial aos interesses do desporto”. O Iveco TT de Assen de sábado tem início pelas 15 horas locais.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™