Actividades começam no COTA com conferência de imprensa

press conference Austin
Quinta, 18 Abril 2013

A muito antecipada estreia do MotoGP™ no Circuito das Américas neste fim-de-semana teve início com a conferência de imprensa de pré-evento, onde marcaram presença Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, Marc Márquez, da Repsol Honda Team, Cal Crutchlow, da Monster Yamaha Tech 3, Ben Spies, da Ignite Pramac Racing, o Director da Yamaha Motor Racing, Lin Jarvis, assim como o Presidente do COTA, Steve Sexton.

 

Lorenzo, vencedor da primeira corrida de 2013, espera apresentar o mesmo nível de prestação no novo circuito durante o Red Bull Grande Prémio das Américas: “No Qatar foi um fim-de-semana quase perfeito, mas a época é longa. Estivemos aqui há um mês e não foi fácil para nós. Mas vai ser interessante ver como a pista mudou desde então. Estou muito motivado para ir para a pista. É mesmo difícil – uma das mais difíceis da minha carreira para compreender. Mas vamos ter grande vantagem sobre as outras equipas que não estiveram cá no teste.”
 
Márquez, que surpreendeu os fãs com grande prestação na última corrida e foi o mais rápido no teste do COTA, não se está a deixar levar pelo sucesso. “Começámos a época melhor que o esperado. Aqui vamos ver como correm as coisas e temos de esquecer o Qatar. Vamos concentrar-nos na afinação de corrida e depois fazer o nosso melhor. Fizemos um teste aqui que foi bom, mas agora vai ser diferente. A primeira parte da pista, em especial, é importante com todas as mudanças de direcção, assim como a última, com a longa direita. É muito importante ter a trajectória.”
 
O britânico Crutchlow não conhece a pista, mas está apostado em dar boa continuidade ao ritmo apresentado no Qatar há duas semanas. “Consegui chegar ontem à noite e dar umas voltas à pista [não numa máquina de MotoGP] para ver – é um grande circuito, as instalações são excelentes e a grande inclinação para a primeira curva é fantástica. Tirei os aspectos positivos do Qatar, especialmente com o Jorge e o Valentino [Rossi] a mostrarem o potencial da moto. Mas se perdemos três dias para estes tipos pode ser quase impossível [lutar pela vitória]. O meu trabalho estar à frente de todos os outros.” 
 
Para Spies o evento do COTA representa uma corrida em casa, apesar do texano, infelizmente, ainda se estar a ressentir dos efeitos da lesão no ombro contraída no ano passado. “Nunca pensei que seria possível... Conduzi o meu próprio carro para cá chegar e trouxe a minha almofada de casa. Tenho muitos amigos e familiares aqui este fim-de-semana, e penso que é fantástico para todos os europeus virmos até aqui e ver o que Texas nos preparou. Fizemos 30 voltas aqui com uma moto de estrada, mas é mesmo técnico. Há muitas mudanças drásticas na pista – é de classe mundial.”
 
O Director da Yamaha Factory Racing, Lin Jarvis, também esteve presente na conferência de imprensa de pré-evento para dizer o que pensa da pista e do bom arranque de época da equipa. Ele também comentou os efeitos do incêndio que deflagrou na box da satélite Monster Yamaha Tech 3 durante a noite e que afectou várias formações. “Foi um fantástico início de campanha para a equipa. O Qatar acendeu mesmo o campeonato; não apenas para os pilotos Yamaha, mas também com a lutas com o Marc, Dani [Pedrosa] e o Cal.”
 
“Quando chegámos aqui hoje ouvimos dizer que houve um incêndio, e que as garagens da Yamaha, da equipa do Abraham e da LCR ficaram inundadas. Mas se não tivesse sido nestas excelentes instalações [com protecção contra incêndios] teríamos perdido seis motos! Não houve danos de pessoas, nem de motos, mas os computadores, servidores e peças extra ficaram cheios de água. Podemos correr este fim-de-semana, mas temos de desmontar tudo e secar cada componentes para garantir que não temos problemas de corrosão no futuro. Mas é sempre mais complicado com os componentes electrónicos porque os problemas não são visíveis.” 
 
Com o COTA a receber o seu primeiro Grande Prémio, Sexton mostrou-se muito contente por dar as boas-vindas ao MotoGP™. “Temos uma equipa fantástica que fez um grande trabalho. Estou desejoso pelo início, temos um circuito único para os pilotos e para os fãs. Este desporto é impressionante para as pessoas verem. As vendas dos bilhetes foram boas e esperamos mais de 100.000 espectadores ao longo do fim-de-semana.”
 
Na sequência dos recentes eventos na maratona de Boston, em que pessoas perderam a vida e ficaram feridas devido a ataque à bomba, Sexton diz que as medidas de segurança são elevadas. “Aumentámos a segurança no circuito. Desde que a F1 cá esteve a segurança foi melhorada.” Ele revelou ainda que se vai fazer um minuto de silêncio antes da corrida de domingo, não apenas em homenagem das vítimas, mas também em memória de todos os que morreram na explosão de uma fábrica de produtos químicos no Texas na tarde de ontem.
TAGS Americas

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™