Os números do Grande Prémio bwin de Espanha

Quinta, 2 Maio 2013

No que toca a recordes de MotoGP™ em 2013 olha-se para Marc Márquez. É compreensível que se lembre do estreante no que toca a esta matéria, mas há muitos outros que podem levar a novos números...

 

100 - No Grande Prémio de Espanha os pilotos da Moto2™ Randy Krummenacher e Ratthapark Wilairot vão levar a cabo o 100º Grande Prémio.
 
45 anos - No dia da qualificação em Jerez passam exactamente 45 anos desde que Salvador Canellas venceu o Grande Prémio de 125cc disputado em Montjuich, em Barcelona em 1968; esta foi a primeira vitória de um espanhol em Grandes Prémios e a primeira do construtor espanhol Bultaco.
 
37 anos - Após o quinto posto no Grande Prémio das Américas, Scott Redding é o primeiro britânico a liderar o Campeonato na categoria intermédia dos Grandes Prémios desde que Tom Herron liderou a tabela de pontos depois de vencer o Isle of Man TT em Junho de 1976. O último britânico a liderar um campeonato em qualquer classe foi Bradley Smith, depois de ter ganho o GP de Itália de 125cc em Mugello, em 2009.
 
26 - Jorge Lorenzo celebra o 26º aniversário no dia da qualificação do Grande Prémio de Espanha.
 
17 - O germânico da Moto3™ Phillip Oettl celebra o 17º aniversário no primeiro dia de treinos do Grande Prémio de Espanha.
 
16 - Livio Loi vai estrear-se nos Grandes Prémio em Jerez depois de ter feito 16 anos no sábado 27 de Abril.
 
11 - No dia da corrida em Jerez passam exactamente 11 anos sobre o dia em Jorge Lorenzo se estreou nos Grandes Prémios, na classe de 125cc no Grande Prémio de Espanha de 2002, um dia depois de celebrar o 15º aniversário. No evento de estreia ele não foi autorizado a alinhar no primeiro dia de treinos porque não tinha ainda atingido a idade mínima – que na altura era de 15 anos.
 
8 - Oito dos nove homens que terminaram no pódio nas três classes no Grande Prémio das Américas eram espanhóis. Este é o mais elevado número de homens do pódio provenientes de Espanha num só evento. A última vez que uma nação teve oito homens nos pódios das três classes num Grande Prémio não boicotado pelos pilotos de topo foi no GP do Japão de 2000 quando oito dos nove pilotos do pódio eram nipónicos. A única excepção nas duas ocasiões foram Kenny Roberts Jr, que terminou em segundo no GP de 500cc de Suzuka em 2000, e Mika Kallio, que foi terceiro na corrida de Moto2 no Circuito das Américas.
 
3 - Cada um dos três vencedores do Grande Prémio das Américas foi um estreante na matéria em cada classe. A última vez que tal aconteceu foi no Grande Prémio da Suécia de 1982, quando os vencedores foram: Ivan Palazzese (125cc), Roland Freymond (250cc) e Takazumi Katayama (500cc).
 
3 - No Grande Prémio de Austin os três pilotos do pódio do MotoGP foram espanhóis (Marc Marquez, Dani Pedrosa e Jorge Lorenzo). Essa foi apenas a segunda vez em 65 anos de história dos Grandes Prémios que tal aconteceu na categoria rainha; a outra vez em que tal sucedeu foi no Grande Prémio do Japão do ano passado (Dani Pedrosa, Jorge Lorenzo e Álvaro Bautista).

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™