Pedrosa segunda, Márquez não termina

repsol honda mugello race review
Domingo, 2 Junho 2013

A Repsol Honda Team saiu do Grande Prémio de Itália TIM com um só segundo lugar, o que permite a Dani Pedrosa manter a liderança no Campeonato. Marc Márquez teve problemas ao sofrer queda, não logrando pela primeira vez terminar uma corrida de MotoGP™.

 

Pedrosa liderou à partida desde a primeira pole de 2013, mas perdeu a primeira posição para Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, ao alargar a trajectória na primeira curva. Ele manteve-se com o compatriota até perder terreno na 13? volta.
 
“Não me senti totalmente confortável na corrida de hoje, mas estou contente porque consegui ganhar muitos pontos,” disse Pedrosa. “De forma geral, foi um fim-de-semana difícil. O pneu traseiro estava a dar-me muitos problemas com (falta de) aderência, mas somar 20 pontos e manter a liderança no Campeonato do Mundo é positivo.”
 
Márquez ultrapassou Pedrosa em corajosa manobra na curva Savelli, mas acabou por cair no mesmo local duas voltas mais tarde. Um azar que colocou ponto final na possibilidade de assinar o quinto pódio em igual número de corridas no arranque da sua temporada de estreia, o que também fez dele o piloto com mais quedas esta época com sete.
 
“Hoje tivemos a primeira desistência da época, mas depois de três dias difíceis, com contratempos e trabalho árduo, finalmente senti-me bem durante a corrida,” começou o piloto de 20 anos que na sexta-feira teve muita sorte ao sair ileso de acidente a alta velocidade na recta da meta. “Ainda não compreendi totalmente porque caí (na corrida), perdi a frente e a traseira ao mesmo tempo e não consegui evitar. É claro que cometemos um erro, mas não quero dar desculpas.”
 
“Olhámos para a telemetria e mostra que estava a rodar à mesma velocidade e na mesma linha que antes, de todas as formas, aprendemos com estes erros. Não nos podemos esquecer que é o meu primeiro ano na categoria e estou aqui para aprender como são as coisas no MotoGP. Apesar de tudo, ainda estamos na luta pelo segundo posto, motivo pelo qual estou contente. Quero pedir desculpas à Honda e à equipa, apoiaram-me sempre e trabalharam muito. Agora temos de começar a pensar em Montmeló e estou ansioso por correr lá.”

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™