Pedrosa lidera primeiro dia de testes de MotoGP™ em Sepang

sepang motogp day1 test
Terça, 5 Fevereiro 2013

O primeiro dia de testes de MotoGP™ revelou-se muito disputado com os sete primeiros a ficarem separados por cerca de oito décimos de segundo, enquanto os três primeiros, Dani Pedrosa, Jorge Lorenzo e Marc Márquez, ficaram a menos de quatro décimos de distância.

Com as equipas apostadas em aproveitar ao máximo o tempo de pista para trabalharem com as novas, ou renovadas motos, e com a chuva a não se confirmar, os pilotos tiveram um dia completo de trabalho. E no final foi Pedrosa, da Repsol Honda Team, quem assinou o melhor tempo ao rodar com a RC213V em 2m01,157s ao final do dia e com a mais recente evolução da moto. Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, que detém o recorde da melhor volta do circuito em 2m00,334s (2012), fez uma derradeira tentativa com a Yamaha, com um chassis diferente e motor melhorado e ficou a 0,008s do compatriota. As melhorias levadas a cabo na moto deverão oferecer melhor aceleração e estabilidade à saída das curvas.

A Yamaha e os fãs tiveram os primeiros vislumbres de Valentino Rossi de volta aos comandos da máquina nipónica, com o italiano a não desapontar com uma marca a pouco mais de quatro décimos de Pedrosa, em quarto. Contudo, a história do dia foi para muitos o companheiro de equipa de Pedrosa, Marc Márquez, que ficou a apenas 0,036s de Lorenzo, em terceiro, o que reforça a sua posição entre o grupo de favoritos deste ano.
 
Contudo, parece que Stefan Bradl, da LCR Honda MotoGP, que está a rodar com uma RC213V com a mesma especificação que a HRC usou no teste de Valência do ano passado, também terá algo a dizer esta época. O alemão terminou o dia em quinto a apenas dois décimos de Rossi. Ele trabalhou em várias coisas, desde o controlo de tracção, à suspensão e travões. Atrás dele ficou Cal Crutchlow, da Monster Yamaha Tech 3, que melhorou de forma regular ao longo do dia, se bem que aos comandos da Yamaha do ano passado. A fechar a lista dos sete primeiros ficou Álvaro Gresini, da Go & Fun Honda Gresini, que continuou em busca da melhor afinação para a suspensão Showa e terminou a 0,825s do topo.
 
O piloto de testes da Yamaha, Katsuyuki Nakasuga, e o piloto de testes da HRC, Kosuke Akiyoshi, apresentaram boas prestações ao terminarem entre os dez primeiros, à frente de Nicky Hayden, da Ducati Team, que iniciou a nova era da equipa com o décimo tempo a mais de dois segundos de Pedrosa, mas à frente do outro piloto de testes da Yamaha, Wataru Yoshikawa.
 
O estreante da Tech 3 Bradley Smith acostumou-se à montada para terminar o dia em 12, a cerca de 2,3 segundos do topo e à frente de Andrea Dovizioso, da Ducati, e da dupla da Power Electronics Aspar Team, Aleix Espargaró e Randy de Puniet. Andrea Iannone, da Pramac Team, fez progressos regulares com a sua Desmosedici para concluir o dia em 16º, à frente do companheiro de equipa Ben Spies, que rodou durante algumas horas com a sua nova Ducati esta manhã, mas teve de parar devido a dores no ombro.
 
O piloto de testes HRC, Takumi Takahashi, ficou à frente de Héctor Barberá, da Avintia Blusens, que se concentrou na electrónica. Yonny Hérnandez (Paul Bird Motorsport), Karel Abraham (Cardion AB Motoracing), Danilo Petrucci (Came IodaRacing Project), Hiroshi Aoyama (Avintia Blusens) e Claudio Corti (NGM Mobile Forward Racing) foram os nomes que se seguiram. O estreante do MotoGP™ Michael Laverty rodou com uma ART para se acostumar aos pneus Bridgestone e discos de carbono e foi seguido de Lukas Pesek, da Ioda, e pelo companheiro de equipa de Bautista, Bryan Staring, isto enquanto Edwards, da NGM, teve problemas com a moto e terminou o dia em último depois de efectuar apenas 25 voltas.
TAGS 2013

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™