Suzuki termina teste de três dias em Misano

Quinta, 19 Setembro 2013

 

Com o resto das equipas de MotoGP™ a terem deixado o Misano World Circuit Marco Simoncelli na noite de segunda-feira, a Suzuki ficou para levar a cabo mais dois dias de trabalho.

 

No final de quarta-feira a Suzuki anunciou uma conclusão “positiva” dos procedimentos, tendo avaliado vários novos componentes de fábrica, incluindo novo chassis, novas especificações de motor e electrónica revista. Randy de Puniet e Nobuatsu Aoki completaram mais de 200 voltas a Misano, recolhendo dados importantes antes do ensaio de Mugello na próxima semana.
 
“Foram testadas as especificações do novo motor, revistas para ter mais binário – e em conjunto com nova electrónica para melhor controlo de tracção e travagem de motor. O novo chassis, escolhido pela equipa para mais desenvolvimentos após o teste do mês passado em Motegi, no Japão, também foi avaliado e novamente desenvolvido em conjunto com novo desenho da carenagem para melhor velocidade de ponta,” explica um comunicado da Suzuki.
 
“Foram três intensos dias de testes, mas penso que fizemos bom trabalho,” comentou o Director da Suzuki MotoGP Test Team, Davide Brivio. “É a primeira ronda da nossa ‘Campanha Italiana de Testes’, que inclui Mugello na próxima semana. Tivemos a oportunidade de visitar outro novo traçado para a nossa máquina e podemos continuar a recolher boa informação para o nosso desenvolvimento. Foi muito positivo termos recebido os novos componentes do Japão e estes terem todos apresentado pontos positivos e benefícios.”
 
“Durante estes dias fizemos melhorias positivas na afinação; em especial na área da electrónica, que vai definir o nosso futuro desenvolvimento. O Randy fez muitas voltas no último dia e isso foi muito importante para fazermos progressos. Agora estamos a pensar no teste da próxima semana em Mugello, a 24 e 25 de Setembro (terça e quarta-feira) para trabalharmos em qualquer problema e encontrar mais soluções.”
 
A equipa começou por sentir problemas de baixa aderência traseira em travagem, mas obteve muitos dados com as temperaturas a flutuarem entre os 22 e os 37ºC entre condições de seco e molhado. Aoki fez a maior parte do trabalho de teste no molhado, na terça-feira, mas a melhor volta surgiu no último dia com 1m34,882s; para registo, esta marca compara com a pole de 1m32,915s de sábado estabelecida pelo líder do campeonato Marc Márquez, da Repsol Honda Team.
 
“Estou contente porque melhorámos a nossa moto ao longo do teste,” acrescentou De Puniet, que se readaptou à Suzuki depois do fim-de-semana aos comandos da Power Electronics Aspar ART. “A aderência traseira melhorou e a estabilidade em travagem também. Também trabalhámos muito no controlo de tracção para o ajustar à nova especificação de motor e encontrámos melhorias na aceleração. Também mantivemos bom ritmo com pneus usados, o que é muito importante, e também melhorámos muito em curva.”
 
“Agora é importante ir para Mugello, onde podemos continuar o trabalho em qualquer ponto fraco e tentar melhorar lá também. Estou interessado em ver como vai funcionar o controlo de cavalinhos e travagem de motor na pista porque há alguns pontos interessantes para isso, mas ter o teste de Mugello tão próximo mantém o ritmo no programa e desenvolvimento da Suzuki MotoGP Test Team.”
TAGS 2013 Randy De puniet

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™