Melhor resultado da carreira para Bradley Smith

tech3 reviews catalan race
Domingo, 16 Junho 2013

Bradley Smith manteve-se afastado dos problemas para garantir o sexto lugar no Grande Prémio Aperol da Catalunha deste domingo – o melhor resultado da carreira do britânico no MotoGP™.

 

Vindo de 11º da grelha, o britânico tirou bom partido dos azares daqueles que seguiam à sua frente, mas também teve interessante luta com Andrea Dovizioso (Ducati Team) nos momentos finais da corrida.
 
“É claro que hoje foi um resultado muito mais positivo para mim, mesmo o sexto posto parece um pouco melhor do que realmente é,” comentou Smith, que há duas semanas em Itália sofreu queda na qual se lesionou no pulso e dedo. “No final temos de terminar as corridas para somar pontos e foi isso que fiz em condições complicadas e sem estar fisicamente a 100%, pelo que é um grande resultado para mim e para a equipa.”
 
“Estava mesmo concentrado nas primeiras oito voltas para não cometer erros e a tentar manter-me perto do Dovizioso e do (Stefan) Bradl porque sabia que deviam ter mais ou menos o mesmo ritmo de corrida que eu. Tentei atacar o (Aleix) Espargaró o mais depressa possível para não perder muito tempo e consegui fazer isso mesmo. Finalmente, lutei com o Andrea perto do final da corrida – sabendo que ele é sempre muito forte nessa parte da corrida – e isso é algo que me deixa orgulhoso.”
 
Já o companheiro de equipa Cal Crutchlow teve um tarde mais complicada, sofrendo queda na Curva 7, à décima volta, quando rodava em quarto.
 
“É claro que estou desapontado por terminar um fim-de-semana tão bom com uma queda e tenho de admitir que foi um erro estúpido da minha parte,” admitiu Crutchlow, que tinha sido o mais rápido do warm-up e que terminou no pódio nas duas últimas corridas em França e Itália.
 
“Como na época passada, e de novo nas primeiras corridas de 2013, lutei para travar a moto nas voltas iniciais com o depósito de combustível cheio. Dei o meu máximo para me manter na luta com os três primeiros, mas infelizmente toquei no corrector interior e caí. Foi um erro muito estúpido e lamento pela equipa porque acredito que podíamos ter ficado na luta pelo pódio até ao final.”
 
Crutchlow mantém a quarta posição da geral apesar de não ter somado pontos neste domingo, enquanto Smith ocupa o 11º posto a apenas dois pontos dos dez primeiros.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™