Lorenzo domina o molhado Motegi para importante pole

yamaha motegi qualifying review
Sábado, 26 Outubro 2013

Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, apresentou grande prestação na alongada sessão de qualificação de Motegi para garantir a pole para a corrida de domingo.

Após o cancelamento dos treinos livres de sexta-feira devido às condições climatéricas sentidas no AirAsia Grande Prémio do Japão, os pilotos da categoria rainha tiveram uma qualificação prolongada de 75 minutos nesta tarde de sábado.
 
O Campeão do Mundo Lorenzo tirou o melhor partido do tempo de pista para começar logo a rodar com o piso ainda molhado e começar a trabalhar na afinação de corrida. Tendo trocado de posições no topo com o rival Marc Márquez no início da sessão, ele depois ainda caiu na tabela de tempos.
 
Após algum trabalho de acerto da montada ele voltou à pista para rapidamente ascender ao segundo posto decorrido um terço da sessão e para ficar a 0,1s de Márquez. A P1 continuou a trocar de mãos até 15 minutos do final, altura em que Lorenzo se impôs com uma volta perfeita em 1m53,965s e assegurar, então, uma vantagem de meio segundo.
 
Enquanto os rivais não conseguiram melhorar, ele foi ainda mais além ao rodar em 1m53,471s para acabar por garantir a pole com 0,65s de vantagem sobre Márquez.
 
“Estou mesmo contente,” afirmou Lorenzo. “Não foi fácil porque a minha última recordação de chuva remonta a Assen. No início estava um pouco assustado e não queria cair. Tivemos sorte em ter uma sessão de qualificação prolongada para nos habituarmos à pista. Fui ganhando confiança aos poucos e acabei por me sentir mesmo muito bem com a moto e com a aderência da pista, especialmente em travagem. Não importa se amanhã está seco, ou molhado, não é problema no qual esteja a pensar, tenho de rodar em qualquer tido de condições. Mas uma corrida molhada pode ser melhor para o campeonato!”
 
O seu colega de equipa Valentino Rossi também se mostrou confortável em Motegi. O nove vezes Campeão do Mundo foi um dos poucos a chegar ao topo da tabela nos momentos iniciais com uma marca de 1m59,304s. Ele continuou a ser um dos protagonistas da sessão, trocando de posições com regularidade nos quatro primeiros.
 
A 30 minutos do final Rossi ocupava o segundo lugar provisório da grelha, apenas a 0,12s da então pole de Pedrosa. Os últimos minutos, como é habitual, foram palco de muita actividade e Rossi acabou por terminar em quinto com 1m54,732s.
 
O italiano afirmou: “O resultado não é mau; esperava chegar à primeira linha, mas não estou muito atrás. Estive melhor quando estava totalmente molhado e senti-me melhor com a moto. Quando começou a haver menos água em pista, e alguns sítios estavam já secos, consegui melhorar um pouco o meu tempo, mas não o bastante para a primeira linha. Amanhã vai ser uma surpresa porque se estiver seco temos de afinar a moto no warm up da manhã e tentar chegar à corrida com competitividade.”

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™