Decisão da Comissão de Grandes Prémios – Clarificação de Regulamentos

Domingo, 23 Março 2014

A comissão de Grandes Prémios actualizou os regulamentos do Campeonato do Mundo de Grandes Prémios de Velocidade da FIM.

A Comissão de Grandes Prémios, composta por Carmelo Ezpeleta (Dorna, Presidente), Ignacio Verneda (Director Executivo FIM, Desporto), Hervé Poncharal (IRTA) e Takanao Tsubouchi (MSMA) na presença de Javier Alonso (Dorna) e Mike Trimby (IRTA, Secretário da reunião), num encontrado levado a cabo a 22 de Março em Losail, tomou as seguintes decisões:
 
Regulamentos Desportivos – Efeitos Imediatos
 
A Comissão decidiu por unanimidade fazer pequenas modificações ao texto da decisão de 18 de Março referente à classe de MotoGP. Isto tem por objectivo explicar de forma mais clara as condições em que um construtor da classe de MotoGP a competir sob as regras da opção Fábrica, mas beneficiando de certas concessões, poderá perder essas concessões em função dos resultados.
 
O texto revisto encontra-se abaixo:
 
1. A ECU e software do Campeonato serão obrigatórios para todos os participantes com efeito a partir de 2016.
 
Todos os participantes actuais e futuros na classe de MotoGP terão de colaborar para assistir no desenho e desenvolvimento do software da ECU do Campeonato.
 
Durante o desenvolvimento do software será criado um website fechado para permitir aos participantes acompanharem o desenvolvimento do software e apresentarem as suas sugestões de modificações.
 
2. Com efeito imediato, um Construtor com inscrições sob a opção fábrica que não tenha conquistado uma vitória em condições de piso seco no ano anterior, ou um novo Construtor a entrar no Campeonato, tem direito a usar 12 motores por piloto por época (sem congelamento de desenvolvimentos), 24 litros de combustível e a mesma distribuição de pneus e oportunidades de testes iguais às da categoria Open. Esta concessão é válida até ao início da época de 2016.
 
3. As concessões acima são reduzidas mediante as seguintes circunstâncias:
 
Caso algum piloto, ou combinação de pilotos nomeados pelo mesmo Construtor, a participar sob as condições do parágrafo 2 conquiste uma vitória, ou dois segundos lugares, ou três pódios em condições de piso seco durante as épocas de 2014 e/ou 2015, então esse Construtor verá a capacidade do depósito de combustível para 22 litros. Mais, caso o mesmo Construtor acumule três vitórias nas épocas de 2014 e/ou 2015 o construtor também perderá o direito de utilizar os pneus macio disponíveis para os participantes da categoria Open.
 
Em cada um dos casos a redução de concessões serão aplicadas para o remanescente da época de 2014 e toda a temporada de 2015.
 
Regulamentos Técnicos Classe de MotoGP – Efeitos Imediatos
 
No interesse da segurança, a Comissão aprovou por unanimidade uma proposta feita para a utilização opcional de discos de travão frontais de 340mm em carbono nos eventos da Catalunha e Sepang. A utilização dos discos de travão frontais de 340mm em carbono já são obrigatórios em Motegi.
 
Uma versão actualizada com regularidade dos Regulamentos de Grandes Prémios da FIM que contém as alterações detalhadas dos regulamentos pode ser consultada aqui.
TAGS Qatar

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™