Herrin espera subir a fasquia para os americanos

Moto2™ oferecido por
Herrin hopes to raise bar for Americans
Quinta, 28 Novembro 2013

Josh Herrin vai ser a nova cara americana no Campeonato do Mundo em 2014, juntando-se à estreante Caterham Moto Racing na classe de Moto2™. O californiano espera assistir ao ressurgimento dos Estados Unidos nos próximos anos.

Entre 1978 e 1993, mais de 80% das coroas da categoria rainha foram para pilotos americanos, graças a Kenny Roberts, Freddie Spencer, Eddie Lawson, Wayne Rainey e Kevin Schwantz. Desde então, só dois ceptros foram para os Estados Unidos, cortesia de Kenny Roberts Jr. e Nicky Hayden, respectivamente. Com Hayden agora a caminho da Power Electronics Aspar e Herrin a juntar-se à Caterham na Moto2™, este último espera um ressurgimento dos EUA no Campeonato do Mundo.
 
“Gostava de dizer isso,” disse Herrin numa entrevista de vídeo antes do final da época em Valência no início do mês. “Penso que o Nicky vai estar muito melhor no ano que vem – é o que espero. Ao mesmo tempo, espero também dar-me bem a voltar a abrir a porta para os americano virem para aqui. Creio que seria bom porque temos muitos jovens talentos que ninguém vê. Ter tipos como o Joe Roberts na Red Bull MotoGP Rookies Cup é muito bom para nós, mas espero que possamos deixar ainda mais claro que somos bons e que nos podemos manter com este pessoal aqui para termos mais alguns [americanos] nos próximos anos.”
 
Quanto à sua estreia na Moto2™ em 2014, Herrin está desejoso pela parceria com o gaulês Johann Zarco, que terminou a temporada com nota alta ao concluir a corrida de Valência no pódio.
 
“Ele já esteve na Suter, que é o chassis com que vamos correr, pelo que será bom ver o que ele pensa da moto,” explicou. “Talvez seja um pouco diferente, mas vamos conseguir ver como funciona de forma geral – com base nos tempos – ver o quão longe estamos em relação a ele este ano. É um grand tipo e estou muito contente por sermos colegas de equipa no próximo ano.”
 
Herrin, de 23 anos, vai estrear-se no Campeonato do Mundo enquanto Campeão de Superbike da AMA. Antes disso, com 19 anos, tornou-se no segundo piloto mais jovem de sempre a vencer as prestigiadas Daytona 200, em 2010.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™