Nakamoto e Suppo fazem resumo da época da Honda

Quarta, 13 Novembro 2013

Tendo garantido o sucesso nos Campeonatos do Mundo de Pilotos, Equipas e Construtores, o Vice-Presidente Executivo da HRC, Shuhei Nakamoto, e o Director Desportivo da Repsol Honda Team, Livio Suppo, fazem a análise da temporada.

A dupla reservou algum do seu tempo durante o teste de Valência para falar à imprensa mundial e avaliar a época de 2013.
 
Foi mais uma temporada brilhante para a Repsol Honda Team, formação de Fábrica da HRC, com o estreante Marc Márquez a ser coroado Campeão do Mundo na última corrida do ano e com o colega de equipa Dani Pedrosa a terminar em terceiro da geral.
 
Nakamoto disse: “Estamos muito contentes! Para ser franco, antes do início da época não esperávamos que o Marc vencesse o Campeonato este ano. Sabíamos que tinha potencial para vencer várias corridas e aprender muito depressa! Normalmente um estreante tem algumas dificuldades em manter um bom tempo por volta ao longo de toda a corrida, já que a maquinaria do MotoGP é muito exigente para os pneus, mas por alturas de Assen o Marc entendeu o que tinha de fazer para gerir os pneus até ao final da corrida.”
 
“Antes do Dani ter o acidente em Sachsenring ele estava em muito boa forma, mas depois disso não esteve fisicamente apto para lutar por vitórias. Depois também houve o azar do incidente de Aragão. Sem os acidentes o Dani teria certamente lutado pelo ceptro com o Jorge (Lorenzo) e com o Marc.”
 
O Vice-Presidente Executivo da marca nipónica acrescentou: “Esta época vimos as Yamaha e as Honda com prestações muito semelhantes, com nove vitórias cada uma. A época de 2014 já começou e temos de trabalhar arduamente durante o Inverno para melhorarmos a nossa máquina e a tornarmos mais competitiva; é essa a meta.”
 
“Os primeiros comentários à RCV1000R Production Racer foram muito positivos, mas não tiveram o tempo suficiente para encontrar a melhor afinação até ao momento. Os comentários, de forma geral, são muito positivos, mas precisam de mais tempo para conseguirem bons registos por volta.”
 
O Director Desportivo Suppo contribuiu para a análise dizendo: “Sabíamos que o Marc era rápido, mas a consistência que apresentou foi inacreditável. Ele também geriu muito bem a pressão depois do que aconteceu em Phillip island e, em especial, em Valência. Ele manteve sempre o sorriso e garantiu que o espirito da equipa era forte. A abordagem a Valência foi excelente, é muito impressionante ver um piloto tão jovem com um comportamento tão matura e a ser capaz de gerir situações tão complicadas.” 
 
No que toca à temporada de Pedrosa Suppo concluiu: “Infelizmente o Dani teve muito azar, mesmo praticamente sem quedas esta época lesionou-se num dos poucos acidentes que teve, em Sachsenring, quando liderava o Campeonato e depois, sem culpa dele, desistiu em Aragão. Sem essas duas corridas acredito que teria ganho, ou pelo menos terminado em segundo; é fácil ver que também estaria a lutar pelo título em Valência. De todas as formas continua a ter muito potencial e estamos certos que no próximo ano vai continuar a lutar pelo ceptro.”
TAGS 2014 Repsol Honda Team

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
MotoGP VIP VILLAGE™