Mariñelarena: A recuperar uma vida e um sonho

Moto2™ oferecido por
Quarta, 16 Abril 2014

Alex Mariñelarena continua a recuperar em Espanha após o brutal acidente que sofreu durante um teste privado de pré-época em Paul Ricard. Depois de ter sido colocado em coma induzido, a vida continua agora passo a passo em casa, em Navarra. O jovem de 21 anos fala com o motogp.com da convalescença.

Até ao momento, o objectivo de Alex Mariñelarena é voltar a montar numa moto e continuar a competir, mas não há data estabelecida para tal. Por agora, a tarefa é melhorar depois do acidente que teve repercussões no paddock co MotoGP™.
 
“Um dia, acordei num hospital em França (hospital de Saint-Anne em Toulon) e a minha mãe estava lá,” recorda Mariñelarena. “Ela começou a perguntar-me se estava bem. Tudo o que me lembro é de sair de casa a 26 de Fevereiro; não me recordo do acidente, não me consigo lembrar de nada dos dois dias antes do acidente, nem dos 16 ou 17 dias seguintes. Não me lembro de absolutamente nada.”
 
“Quando acordei vi que o meu braço estava mal, pelo que entendi logo que tinha tido um acidente, mas imaginei que tivesse sido um ou dois dias antes. Quando me disseram que tinha sido há 20 dias é que me apercebi. ‘Foi assim tão mau?’ perguntei. É claro que explicaram tudo e depois foram muitos os médicos que me vieram ver; depois comecei a compreender o que tinha acontecido e que para mim não tinha sido nada especial em comparação com o que foi para a minha família, ou para o pessoal da equipa.”
 
Assim que apresentou melhorias suficientes para ser transferido para a Clínica de Navarra, em Espanha, Mariñelarena ficou também a saber das lesões na cabeça, ombro e das várias fracturas no pé direito.
 
“É verdade,” continua. “Quando tive o acidente toda a gente ficou preocupada com as lesões na cabeça. O impacto que sofri foi muito forte e perdi a consciência. As lesões na cabeça foram claramente as mais preocupantes. Desde que voltei a casa consegui recuperar e descansar ainda mais e já estou a levar a cabo o programa de reabilitação. Estamos a trabalhar arduamente no ponto do equilíbrio. Também estou a usar uma máquina para ajudar a recuperação dos ossos fracturados e estou a fazer exercícios para o ombro para ganhar mais mobilidade.”
 
“Foi muito bom ver pilotos de todas as classes do Campeonato do Mundo enviarem-me mensagens e queria agradecer a todos os que têm entrado em contacto comigo pelo Facebook e pelo Twitter. Adoro receber mensagens de pessoas que, na verdade, não conheço – torna-me as coisas mais fáceis.”
 
A recuperação pode ser um processo lento e frustrante, mas o objectivo é claro.
 
“De momento, já consegui sair da cama, mas tenho o mesmo objectivo em mente,” começa por resumir Mariñelarena. “As motos são o meu objectivo. Correr no Campeonato do Mundo era um sonho meu. Estava a viver esse sonho, mas devido às circunstâncias tive de parar, o que é uma pena. Contudo, espero que isto seja apenas um sobressalto no caminho e quero continuar de forma normal. Espero voltar um dia.”

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™