Márquez e Pedrosa reflectem sobre teste positivo

Marquez and Pedrosa reflect on positive test - Sepang1 day 3
Quinta, 6 Fevereiro 2014

O primeiro teste de pré-época de 2014 terminou com Marc Márquez como mais rápido em pista ao longo dos três dias, o que o levou a rever o trabalho de Sepang da sua já tradicional forma animada.

No último dia do ensaio Márquez bateu o recorde da melhor volta de testes de Sepang com um tempo de 1m59,533s (superando os 1m59,607s de Casey Stoner de 2012) na 10ª das 40 voltas que efectuou.
 
O jovem espanhol passou o último dia na Malásia a trabalhar na electrónica e fez uma simulação de corrida de 20 voltas. No total, ele completou 167 voltas ao longo dos três dias deste primeiro teste de 2014.
 
“Estou muito contente com a forma como correram estes três dias aqui em Sepang e começámos bem a pré-época,” afirmou. “Trata-se apenas do primeiro teste e ainda temos trabalho a fazer, mas já conseguimos fazer uma simulação de corrida e correu tudo bem. Testámos muitas afinações e recolhemos muitos dados, pelo que estaremos bem preparados para o próximo ensaio aqui. Ainda temos algumas coisas para avaliar, pelo que temos de tirar o máximo partido dos dias que ainda aqui temos nesta pré-época.”
 
Márquez acrescentou: “Sinto-me fisicamente bem, não parei durante o mês passado e tive agenda cheia, mas consegui continuar a treinar. Quando cheguei estava um pouco fraco porque estive com gripe na semana passada, mas no final senti-me bem, que é o mais importante. Podemos sempre melhorar e este teste vai ajudar-me a melhorar a forma física.”
 
O seu colega de equipa Dani Pedrosa terminou em sexto da geral com uma marca de 2m00,223s na 29ª das 55 voltas de quinta-feira.
 
Pedrosa testou acertos de geometria com o objectivo de melhorar a tracção traseira e encontrou algumas soluções positivas. Ele teve problemas com os travões frontais na manhã de quinta-feira, o que o impediu de tentar um tempo melhor. Ainda assim, foi um final de trabalho produtivo no que foi já de si um teste muito atarefado e onde completou 192 voltas ao longo dos três dias.
 
“Neste terceiro dia concentrámo-nos no chassis, voltando a olhar para a aderência traseira e sinto que progredimos muito aqui,” explicou o experiente piloto da Honda. “Esta manhã tivemos problemas com os travões em ambas as motos e perdi muito tempo, principalmente na parte do dia em que podemos apresentar uma volta rápida. Contudo, estou contente por termos conseguido melhorar a afinação e, de forma geral, foi um dia positivo. No próximo teste espero continuar a partir do ponto em que parámos hoje e prosseguir com as melhorias antes de irmos para Phillip Island.”

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™