Márquez de novo no topo após dia de testes

Segunda, 5 Maio 2014

A história no topo da tabela de tempos do MotoGP™ nesta segunda-feira de testes pós- GP em Jerez foi familiar, com o Campeão do Mundo Marc Márquez a assinar o melhor tempo.

O líder da classificação de MotoGP™ e piloto da Repsol Honda – que falhou os últimos testes de pré-época devido a lesão – compensou o tempo perdido com uma marca de 1m38,737s na 28ª das 55 voltas que efectuou aos 4,4 km do circuito de Jerez, traçado onde conquistou no domingo a quarta vitória da época.
 
Numa manhã de condições perfeitas Márquez foi dos primeiros a ir para a pista em conjunto com Álvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini) e Karel Abraham (Cardion AB Motoracing).
 
Márquez avaliou pequenas alterações à suspensão traseira com o objectivo de ser ainda mais rápido em curva e trabalhou também na afinação da electrónica e geometria. O colega de equipa Dani Pedrosa ficou a 0,64s de distância, em quarto da geral depois de trabalhar na suspensão frontal para melhorar a prestação nas voltas iniciais das corridas.
 
Segundo na tabela de tempos, Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP) ficou o 0,262s da frente depois de trabalhar na electrónica e equilíbrio da moto – testando ainda novo braço oscilante.
 
Em terceiro ficou Valentino Rossi (+0,326s), que introduziu há pouco tempo novo chassis no pacote Yamaha YZR-M1 que está a desenvolver. Quinto foi o já referido Bautista (+0,89s), o espanhol completou uma maratona de 73 voltas enquanto trabalhou nos garfos frontais e amortecedores traseiros.
 
Stefan Bradal, da LCR Honda MotoGP (+0,976s) terminou o trabalho em sexto depois de ter optado por testar apesar de sintomas de síndroma compartimental ao longo do fim‑de‑semana. O germânico fez 70 voltas a trabalhar na suspensão, geometria e electrónica para melhorar a entrada em curva. Bradl vai visitar um especialista na Alemanha nesta terça-feira por causa das dores que sentiu no braço.
 
A lista dos dez primeiros contou ainda com Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech3), Aleix Espargaró (NGM Forward Racing), Bradley Smith (Monster Yamaha Tech3) e Hiroshi Aoyama (Drive M7 Aspar), todos eles a pouco mais de um segundo de Márquez.
 
A equipa de testes da Ducati Team esteve a trabalhar com Michele Pirro no lugar dos ausentes Andrea Dovizioso e Cal Crutchlow, enquanto Nicky Hayden (Drive M7 Aspar) se viu forçado a falhar a sessão de trabalho devido a inchaço severo do pulso em resultado da corrida de domingo.

 
Colin Edwards (NGM Forward Racing) foi outro nome a não marcar presença, com o piloto de Moto2™ Simone Corsi a ocupar o lugar do americano e aproveitar também para ganhar mais experiência de MotoGP.
 
O teste foi interrompido por momentos com bandeira vermelha devido à queda de Andrea Iannone (Pramac Racing) logo após o meio-dia, mas o trabalho foi reatado rapidamente. Registou-se ainda a queda de Smith (Tech3) pouco depois das 13 horas locais, mas o britânico conseguiu continuar com o trabalho.
 
Veja aqui os resultados completos do teste de Jerez.

Fotos:

Abrir mais notícias

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™