Márquez conquista elementos em Assen

Measured Marquez conquers elements in Assen
Sábado, 28 Junho 2014

Marc Márquez deu continuidade à forma perfeita que tem apresentado em 2014 ao levar de vencida a corrida de MotoGP™ de sábado do Iveco Daily TT Assen. O colega de equipa Dani Pedrosa garantiu o terceiro posto após árdua batalha.

As difíceis condições climatéricas obrigaram pilotos e equipas a trabalhar freneticamente na grelha assim que a chuva chegou. Ambos os pilotos da Repsol Honda tiraram partido das duas voltas de reconhecimento extra para avaliarem os pneus de chuva, com ambos a optarem por partir para a corrida com eles.
 
Márquez envolveu-se numa quente luta com Andrea Dovizioso, da Ducati Team, assim que a pista começou a secar. Ambos entraram na via de boxes ao mesmo tempo para trocarem de motos. Márquez cometeu depois um erro devido a um pneu frio, alargando a linha. Nas voltas seguintes Márquez foi atrás de Dovizioso para o apanhar e ultrapassar.
 
Enquanto isso, Pedrosa lutava arduamente com o homem da pole Aleix Espargaro (NGM Forward Racing). Os dois ultrapassaram-se mutuamente várias vezes antes do homem de fábrica da Honda se isolar. Pedrosa acabou por terminar em terceiro, quase com nove segundos de margem sobre Espargaró.
 
Márquez tornou-se no primeiro piloto desde Giacomo Agostini, em 1971, a vencer as oito primeiras corridas da época da categoria rainha.
 
“Estava muito nervoso. As condição eram as que ninguém queria, muito perigosas. Partimos com os pneus certos, pois sabíamos que ia secar. Arriscar com os slicks era demasiado perigoso. Cometi um pequeno erro depois de trocar (de moto). Estava contente com o segundo lugar, mas depois começou a chover um pouco. Depois disso entrei num bom ritmo e passei o Andrea. Mesmo assim, foi muito complicado, tive de manter a concentração a 100%,” comentou Márquez.
 
Ele continuou: “A equipa tinha tudo sob controlo, o que me ajudou muito; vê-los calmos manteve-me calmo. Foram muito inteligentes. Era demasiado perigoso começar com os slicks, essa foi a decisão mais importante. Apenas me concentrei na pilotagem. Foi duro ir do seco para o molhado. Mas senti-me melhor a cada volta que fazia e sempre um ritmo forte. Consegui puxar muito.”
 
Pedrosa acrescentou: “No início, na grelha, foi muito enervante ter de garantir que tudo estava correcto. Não foi fácil fazer a escolha certa, mas a equipa estava preparada e mantivemos todos a calma, o que me permitiu manter a concentração. Tive uma luta muito dura com o Aleix, mas foi muito boa. No molhado estava muito suave para poupar os pneus, não fosse voltar a chover. Não foi a melhor estratégia, mas compensámos. As sensações na moto não eram as melhores, mas o bastante para o pódio.”

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™