Final inglório para a Yamaha no COTA

Movistar Yamaha Austin race review
Domingo, 13 Abril 2014

O Red Bull Grande Prémio das Américas deste domingo no Circuito das Américas, em Austin, revelou-se um desafio muito duro para os pilotos da Movistar Yamaha MotoGP, com Valentino Rossi a terminar em oitavo e o colega de equipa Jorge Lorenzo em décimo.

Após um início longe do perfeito que o viu cair de sexto da grelha para nono, Rossi começou a trabalhar para recuperar posições. Apresentando a sua tradicional eficiência, o nove vezes Campeão do Mundo esmerou-se nas primeiras voltas para passar Andrea Dovizioso, Stefan Bradl e, finalmente, Cal Crutchlow para chegar a quarto na Curva 7. O italiano começou então a reduzir o atraso para Andrea Iannone e parecia confiante na conquista de mais um pódio, contudo uma súbita perda de aderência no lado direito do pneu frontal deixou-o sem forma de manter o ritmo, acabando por cair para oitavo, posição em que terminou a prova.
 
Já o colega de equipa Jorge Lorenzo teve o segundo Grande Prémio consecutivo para esquecer ao fazer uma clamorosa falsa partida e a ser penalizado com uma passagem pela via de boxes em resultado disso. Aliás, o espanhol entrou no pit lane logo no final da primeira volta para voltar à pista em último. O tetra Campeão do Mundo mostrou depois toda a sua dedicação e profissionalismo, trabalhando arduamente ao longo do pelotão para recuperar o máximo de posições possível e somar os primeiros pontos com o décimo lugar em que terminou – a menos de quatro segundos de Rossi.
 
“Destruímos por completo o pneu frontal do lado direito,” começou por adiantar Rossi. “Tive o mesmo problema durante o fim‑de‑semana, mas não tão sério como na corrida. Esta manhã demos bom passo em frente com um pneu usado com o qual consegui fazer todo o Warm Up, pelo que estávamos optimistas. Infelizmente, depois de sete ou oito voltas o pneu frontal estava acabado e tive de rodar três segundos mais lento. Foi uma pena porque podíamos ter conquistado mais um pódio, que era o objectivo aqui em Austin. Infelizmente não foi assim.”
 
Já o espanhol reconheceu o erro cometido no início: “Não estava a pensar e estava distraído, cometi um grande erro no início. Depois tentei puxar ao máximo para conseguir o melhor resultado possível, mas a corrida estava praticamente acabada para mim. Quero pedir desculpas à equipa porque destruí a minha corrida, mas pelo menos não caí; foi uma situação complicada com a tensão e era fácil cometer um erro e lesionar-me. O aspecto positivo é que terminei a prova e somei os meus primeiros pontos no Campeonato, mas é claro que não foi o nosso fim‑de‑semana.”
 
Rossi ocupa agora a terceira posição da geral, com 28 pontos, enquanto Lorenzo é 16º, com seis.

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™