Pedrosa na pole, Márquez terceiro

Sábado, 14 Junho 2014

Repetindo a prestação de há um ano, Dani Pedrosa assinou a pole no Circuito Barcelona-Catalunha, batendo o rival Jorge Lorenzo e o relegando o colega de equipa e líder da classificação Marc Márquez para o terceiro posto.

Os pilotos da Repsol Honda lutaram entre si pela primeira posição da grelha para a corrida de amanhã, mas à terceira tentativa Marc Márquez sofreu queda e não conseguiu melhorar o seu registo.
 
De manhã, na teceria sessão de livres, Márquez tinha retirado mais de sete décimos à sua melhor marca de ontem, terminando em segundo atrás de Stefan Bradl. O seu colega de equipa Dani Pedrosa melhorou quase um segundo face a sexta-feira, terminando com o quarto registo.
 
Nos últimos 15 minutos de livres Márquez passou para a liderança da tabela de tempos e Pedrosa para terceiro, uma ordem que acabariam por inverter na Q2.
 
Com estratégias distintas, Pedrosa optou por usar dois pneus na qualificação contra os três de Márquez. O líder do Campeonato do Mundo assinou um tempo de 1m41,135s na segunda tentativa, mas a apenas um minuto do final, já com o terceiro pneu, cometeu um erro no final da recta da meta e sofreu queda, o que o colocou ponto final numa sequência de sete poles consecutivas, seis delas em 2014. Hoje acabou por ser Pedrosa quem garantiu a primeira posição da grelha de partida ao parar o cronómetro em 1m40,985s.
 
“Estou muito contente com a pole conseguida hoje diante da minha família e amigos,” começou por afirmar Pedrosa. “Também estou satisfeito porque, pela primeira vez esta época, senti-me muito bem aos comandos da minha moto na qualificação. Amanhã vou tentar fazer uma boa partida desde a pole position. Fará muito calor e teremos de saber gerir bem os pneus; vamos tentar fazê-lo da melhor forma possível.”
 
“Hoje cometi o primeiro erro da época, pelo que tenho de pedir desculpas à equipa porque foi culpa minha,” reconheceu Márquez. “A estratégia que tínhamos planeado estava a funcionar na perfeição, mas na minha última volta rápida travei demasiado tarde. Sabia que era a minha última oportunidade, pelo que tentei entrar na curva. Não foi a melhor opção; devia ter seguido em frente pela escapatória, mas estas coisas acontecem quando se está a competir em casa. Tenta-se sempre dar um pouco mais que o normal. Amanhã sabemos que não há margem para melhorar nessa curva e também temos uma boa afinação para lutar pela vitória.”

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™