Rossi preparado para lutar com Márquez no seu 300º GP

Rossi ready to battle with Marquez at 300th Grand Prix
Segunda, 26 Maio 2014

O MotoGP™ ruma a Mugello para o que é sempre uma das mais antecipadas provas do calendário, agora com Valentino Rossi a levar a cabo 0 300º Grande Prémio da carreira depois de ter garantido o 150º pódio da categoria rainha em Le Mans, na última jornada.

 

 

Após a corrida de França, em que Rossi terminou em segundo atrás de Marc Márquez, o italiano está já de olhos postos no Grande Prémio d’Itália TIM e em mais uma possibilidade de lutar com o Campeão do Mundo e líder da geral, desta feita em casa do transalpino.
 
Com a vitória no GP de França Márquez tornou-se no primeiro piloto a vencer as cinco primeiras corridas do ano, todas desde a pole, desde Giacomo Agostini nas 500cc em 1971.
 
Márquez lidera a classificação com 42 pontos de vantagem sobre o colega de equipa na Repsol Honda Team, Dani Pedrosa, e vai fazer tudo para dilatar ainda mais a margem na sexta jornada – isto no local onde sofreu queda e desistiu no ano passado.
 
Contudo, Márquez sabe que Pedrosa está desejoso por conquistar a primeira vitória desde o triunfo do ano passado na Malásia e que Rossi vai fazer tudo para aumentar o total de nove corridas ganhas em Mugello, sete delas na categoria rainha. É justo dizer que uma vitória de Rossi no seu 300º GP seria muito popular para o público da casa.
 
Outro forte candidato ao máximo de pontos na Toscana será o colega de equipa de Rossi na Movistar Yamaha MotoGP, Jorge Lorenzo. Apesar do Campeão do Mundo de MotoGP™ de 2010 e 2012 não estar no seu melhor momento de forma, Lorenzo venceu a corrida de Mugello nos últimos três anos, tirando bom partido de um circuito onde a Yamaha conta com bom conjunto de resultados.
 
Mesmo à frente de Lorenzo na geral, em quarto, está Andrea Dovizioso, da Ducati Team, que deverá contar com forte apoio este fim‑de‑semana. Milhares de Ducatistas vão juntar-se na curva Correntaio uma vez mais para apoiarem Dovizioso na luta pelo pódio, bem como o colega de equipa Cal Crutchlow; o inglês quer melhorar o 16º posto da geral.
 
Nomes como Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) e Álvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini) vão em busca de mais resultados nos cinco primeiros desde as sexta e décima e posições da geral, respectivamente. Bautista chega a Mugello motivado depois de ter recuperado do mau início de temporada com o terceiro posto em Le Mans.
 
Outro piloto que esteve em muito bom plano em Le Mans foi Pol Espargaró e o estreante vai novamente tentar dar continuidade ao quarto posto conseguido em França, agora com mais um bom resultado em Itália. Com uma rápida adaptação à categoria rainha nas cinco primeiras provas do ano, o Campeão do Mundo de Moto2™, Espargaró, está mesmo à frente do irmão Aleix Espargaro (NGM Forward Racing) e do colega de equipa na Monster Yamaha Tech3, Bradley Smith, na geral.
 
Às portas dos dez primeiros na classificação está outro italiano, Andrea Iannone.
O piloto da Pramac Racing quer recuperar de duas desistências consecutivas depois de ter mostrado boa velocidades nos treinos das três primeiras corridas do ano.
 
O compatriota de Iannone, Danilo Petrucci (IodaRacing Project) regressa a Mugello depois de ter falhado a corrida de França devido a fractura no pulso esquerdo contraída em Jerez.
 
O fim‑de‑semana do Grande Prémio d’Itália TIM representa o 29º GP disputado em Mugello, incluindo 24 vezes consecutivas desde 1991.
 
TAGS Italy

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™