Pol Espargaró e Smith com objectivos sólidos

Quarta, 9 Julho 2014

A dupla da Monster Yamaha Tech3, Pol Espargaró e Bradley Smith, está certa do que quer na prova que marca o final da primeira metade da época do Campeonato do Mundo de MotoGP™ de 2014 este fim‑de‑semana na Alemanha.

Prestes a levar a cabo a nona corrida da época de estreia na categoria rainha, Espargaró ocupa a sétima posição no Campeonato de Pilotos e apenas com dois pontos de vantagem sobre Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) – e a verdade é que o espanhol tem boas probabilidades de se manter na frente.
 
“A última corrida foi a minha primeira experiência no molhado com uma máquina do MotoGP™ e, apesar do resultado final não ter sido um reflexo do potencial da minha moto, continuo a achar que foi o melhor que tive com a Yamaha este ano, o que incluiu a liderança das primeira sessão de livres,” comenta Espargaró sobre o fim‑de‑semana do Assen TT.
 
“Estou muito optimista quanto a um forte resultado este fim‑de‑semana, sejam quais forem as condições climatéricas, e no ano passado terminei no pódio a caminho do título de Campeão do Mundo de Moto2™. Com a pista a ser muito estreita e sem grandes rectas, não há descanso, pelo que certamente será uma corrida exigente. Sinto-me forte aos comandos da moto de momento e acredito que posso pelo menos lutar pela melhor posição entre as motos satélite na Alemanha, se não mesmo conquistar esse resultado.”
 
Do outro lado da garagem da Tech3, Smith viaja até Sachsenring em décimo da geral e apenas a dez pontos do colega de equipa.
 
“Apesar das condições climatéricas terem dado lugar a uma corrida estranha em Assen, consegui apresentar forte ritmo de corrida quando a pista secou, o que é mesmo positivo,” diz Smith sobre Assen, onde assinou a terceira melhor volta. “Em Sachsenring espero repetir a prestação e conquistar um resultado de topo.”
 
“O meu melhor resultado, o sexto lugar, foi conseguido no ano passado e, com a natureza deste circuito a ser favorável à Yamaha, acredito que este ano podemos fazer ainda melhor. Os pneus serão cruciais nesta pista porque há dez curvas para a esquerda e apenas três para a direita; além disso pode chover, mas continuo a acreditar plenamente nas minhas capacidades aos comandos da Yamaha e sei que nos podemos dar bem nesta corrida. Estou pronto para lutar por um resultado nos cinco primeiros neste fim‑de‑semana. Estou desejoso por dar um grande espectáculo, bem como para voltar a rodar outra vez na Waterfall (Curva 11)!”
 
Na quinta-feira Smith será um dos três pilotos de MotoGP™ – em conjunto com Stefan Bradl, da LCR Honda MotoGP, e Andrea Iannone, da Pramac Racing – a experimentar as modificações aos correctores nas Curvas 10 e 11, tudo com o objectivo de iniciar alterações permanentes a estas curvas para a visita de 2015 do MotoGP™ à Alemanha.

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™