A caça a Márquez continua com o MotoGP™ a rumar ao Texas

The hunt for Marquez continues as MotoGP™ heads to Texas
Segunda, 7 Abril 2014

Marc Márquez, da Repsol Honda, será o homem a bater por toda grelha do MotoGP™ no Red Bull Grande Prémio das Américas, este fim-de-semana no Circuito das Américas, em Austin, a segunda jornada do Campeonato do Mundo.

Após a espectacular corrida entre Márquez e Valentino Rossi, da Movistar Yamaha MotoGP, na primeira corrida do ano no Qatar, os fãs deverão esperar mais do mesmo no traçado texano. Apesar de ter fracturado a perna há apenas sete semanas, ele mostrou-se em grande forma no arranque do ano e será certamente difícil de bater na pista onde conquistou a primeira vitória na categoria rainha.
 
Para Rossi será altura de atacar forte e provar que o ritmo apresentado no Qatar não foi uma excepção, enquanto o colega de equipa Jorge Lorenzo vai tentar compensar a queda sofrida na primeira volta da primeira corrida. O erro pouco usual de Lorenzo deverá motivá-lo ainda mais numa pista que no passado pareceu ser favorável ás Honda. Dani Pedrosa, da Repsol, espera certamente que assim se mantenha, já que quer chegar ao mais alto do pódio numa pista onde lutou muito com o colega de equipa no ano passado.

Mas haverá muitos outros motivos de interesse no resto do pelotão, com nomes como Álvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini), Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) e Bradley Smith (Monster Yamaha Tech3) a terem mostrado potencial de chegar ao pódio no mais recente embate, isto apesar de todos terem sofrido quedas. Se conseguirem manter o ritmo até ao final da corrida os pilotos de fábrica poderão ser fortemente ameaçados. A Ducati Team, com Andrea Dovizioso e Cal Crutchlow, mostrou significativa melhoria de ritmo e vai tentar dar novo salto em frente na classificação nos E.U.A.
 
A grande dúvida continua a ser o potencial de Aleix Espargaró (NGM Forward Racing), que mostrou que pode ser o mais rápido numa só volta. Se se qualificar à altura do seu verdadeiro potencial em Austin é bem possível que termine no pódio. O seu irmão mais novo, Pol, na máquina satélite da Monster Yamaha Tech3, espera melhor sorte no segundo GP, isto depois de ter desistido com problemas mecânicos no Qatar. Andrea Iannone (Pramac Racing), que conseguiu cruzar a linha de meta apesar de queda, pode revelar-se uma surpresa no Texas depois de ter mostrado boa velocidade no Qatar.
 
Enquanto isso, os fãs americanos terão os pilotos da casa para apoiar: Colin Edwards na NGM Forward Racing e Nicky Hayden na Drive M7 Aspar’s Nicky Hayden, ambos a terem-se mostrado promissores no Qatar. Qualquer um deles está agora ao comando de máquinas competitivas, se bem que a Edwards lhe falta um pouco de velocidade nos regimes altos. Das motos “Open”, outro nome a ter em conta será Scott Redding (GO&FUN Honda Gresini), que fez estreia fantástico no Qatar apesar de problemas de falta de combustível.
 
A completar a grelha de Austin estarão Karel Abraham (Cardion AB Racing), Hiroshi Aoyama (Drive M7 Aspar), Yonny Hernandez (Pramac Racing), a dupla da Avintia Racing, Héctor Barberá e Mike di Meglio, Danilo Petrucci (Iodaracing Project) e a dupla da PBM, Michael Laverty e Broc Parkes.
TAGS Americas

Vídeos:

Ver todos os vídeos deste evento

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™