Primeiro dia complicado para Márquez e Pedrosa na Alemanha

Tough first day in Germany for Marquez and Pedrosa
Sexta, 11 Julho 2014

A Repsol Honda Team teve início complicado no eni Motorrad Grande Prémio da Alemanha, em Sachsenring, com Marc Márquez e Dani Pedrosa a sofrerem quedas.

A queda de Márquez surgiu na FP1, na primeira volta do piloto na Curva 2, onde o Campeão do Mundo e actual líder da geral cometeu pequeno erro e engrenou a terceira velocidade, o que resultou no espanhol a voar e cair fortemente num dos lados da cabeça, levando a dores no pescoço.
 
Ele conseguiu voltar à pista e assinar um tempo de 1m22,767s (11ª volta de 17), terminando em sexto. Pedrosa também começou FP1 de forma lenta e a melhor volta foi de 1m22,848s (21ª de 22 voltas) para terminar em oitavo.
 
Depois de ser tratado ao pescoço Márquez conseguiu melhorar o seu registo em seis décimos com uma volta em 1m22,158s (6ª de 20 voltas) na FP2, o que o deixou com o segundo melhor crono do dia.
 
Como é habitual, Márquez foi positivo na avaliação do trabalho: “O dia correu muito bem porque, mesmo com a queda, tive a sorte de não me lesionar, mas o impacto foi forte. A queda foi um pouco estranha, mas quando olhámos para a telemetria compreendemos como aconteceu. É uma longa esquerda sempre em segunda e a acelerar e, acidentalmente, toquei no pedal das mudanças. Isto engrenou outra velocidade e como estava tão inclinado – e tinha o acelerador aberto – a roda traseira patinou e fui cuspido.”
 
“A sessão da tarde correu mesmo bem e senti-me confortável com a moto outra vez. Consegui uma boa volta, mas o mais importante é que mantive um ritmo forte.”
 
Pedrosa também melhorou de tarde com uma passagem em 1m22,589s (3ª volta de 18) para terminar em nono, mas sofreu queda forte na quinta volta, na Curva 12. Ele voltou à pista, mas não conseguiu melhorar o resisto e terminou na décima posição na tabela de tempos combinados.
 
Pedrosa comentou: “Tivemos sorte por termos tido duas sessões secas para testarmos a pista hoje; correu bem e tive boas sensações, mas também sofri uma queda. Tive problemas com os travões durante os dois treinos e foi precisamente numa zona de travagem que puxei demais e caí. Contudo, consegui voltar à pista com a outra moto e continuar a rodar até ao fim da sessão.”

Últimas notícias

  • MotoGP™
  • Moto2™
  • Moto3™
Publicidade
Paddock Girls MotoGP VIP VILLAGE™